Juventus vira para cima do Empoli e continua se recuperando na Serie A

Empoli e Juventus se enfrentaram, neste domingo (8), pela 12ª rodada da Serie A, no estádio Carlo Castellani. A Juve saiu vitoriosa, 3 a 1, ao virar o jogo sobre o rival. Maccarone colocou o Empoli à frente, mas Mandzukic, Evra e Dybala deram os três pontos à Vecchia Signora.

Com o resultado, a Juve à sua 5ª vitória, terminando a rodada na 7ª posição, com 18 pontos. Já a equipe do Empoli continua na 12ª posição, com os mesmos 14 pontos. 

No dia 21 (sábado), após a pausa nos campeonatos europeus devidos aos amistosos internacionais, a Juventus enfrenta o Milan, em Turim, com o objetivo de chegar ao G-3. Em contrapartida, o Empoli visita a Fiorentina, no domingo (22), no estádio Artemio Franchi.

Empoli sai na frente, mas a Juve vira

o jogo começou bem disputado, com o Empoli se lançando ao ataque em busca de seu gol. Não tardou muito a sair, ao 19 minutos da primeira etapa, o centroavante Maccarone balançou as redes pela primeira vez na partida.

A Juventus, que contava com a volta de seu lateral Lichtsteiner, parece ter acordado na partida e partiram para o ataque. Cuadrado era o mais perigoso do time, sempre buscando a velocidade pelas pontas, e não deu outra. Após cruzamento do colombiano, Mário Mandzukic completou para o fundo das redes. Seis minutos depois, a Juventus virava a partida, com um raro gol do lateral esquerdo, Patrick Evra. E terminou assim a primeira etapa.

Pressão e vitória garantida

Estando atrás do placar, o Empoli se viu obrigado a sair mais para o jogo. Mesmo sem modificações na etapa complementar, o time voltou diferente, com os avançados dando mais trabalho para a defesa adversária.

Perdendo poder ofensivo e com a defesa ligeiramente exposta, o técnico Massimilino Allegri mexeu na equipe, mudando o esquema de jogo. Colocou Chiellini na vaga de Cuadrado, voltando ao antigo e clássico 3-5-2, e trocou o ataque, saindo Morata e entrando o argentino Dybala.

Com a mudança, a Juve passou antes uma tranquilidade maior na defesa, inclusive chegando ao seu terceiro gol com Dybala, aos 83 minutos de jogo, em um lance muito polêmico, onde o lateral Lichtsteiner, claramente impedido, participa da jogada. Com o terceiro gol, a Vecchia Signora colocou números finais na partida.

VAVEL Logo