Arsenal fica no empate no dérbi com Tottenham e perde chance de assumir a ponta
Foto: Divulgação/Tottenham

Após o tropeço do Manchester City, o Arsenal poderia ter assumido a liderança, mas saiu do North London Derby com a sensação de que o empate foi um bom resultado. O Tottenham dominou boa parte do jogo e abriu o placar com Kane, mas desperdiçou várias chances e acabou sendo punido com o gol de Gibbs na segunda etapa. Os Gunners permaneceram na vice-liderança da Premier League, com 26 pontos, mesma pontuação do City. Os Spurs estão em 5º, com 21.

As duas equipes voltam a campo apenas depois da data Fifa, em jogos válidos pela 13ª rodada da Premier League. O Arsenal visita o West Bromwich, no dia 21, às 13h, enquanto o Tottenham enfrenta em casa outro adversário londrino, o West Ham, no dia 22, às 14h. Jogos no horário de Brasília.

Tottenham supera início superior do rival e larga na frente

O começo do jogo foi muito movimentado em Londres, com Arsenal e Tottenham apostando na velocidade e nos contra-ataques. Os Gunners foram melhores no primeiro terço do jogo, mas, apesar de rondar a área rival em certos momentos, não conseguiu nenhuma finalização.

Assim, a primeira chance foi dos Spurs. Aos 19, Dembélé recebeu de Eriksen na quina da área, passou por dois marcadores e arriscou de pé esquerdo, mas a bola desviou e Debuchy e passou à direita do gol. Cinco minutos depois, Eriksen levantou a bola em cobrança de falta e mandou na segunda trave para Dier, que desviou de cabeça na rede pelo lado de fora.

No decorrer do jogo, o Tottenham passou a dominar territorialmente o jogo, e, ao contrário do rival, conseguiu finalizar. Aos 33, em lançamento de Rose pela esquerda, Kane se posicionou na linha dos zagueiros, avançou com espaço e tocou na saída de Cech para abrir o placar no Emirates.

O Arsenal só foi finalizar pela primeira vez aos 38. Após saída errada de Dembélé, Cazorla abriu para Campbell, que cruzou fechado para Alexis Sánchez, mas o chileno pegou mal e Lloris segurou tranquilamente. Já no fim da primeira etapa, em saída errada de Özil, Eriksen abriu na esquerda para Kane e o atacante do Tottenham bateu forte e cruzado, mas Cech espalmou. Com seis a um em finalizações, os Spurs foi mais eficiente e foi para o intervalo com a vantagem.

Tottenham desperdiça chances e Arsenal pune

Para a segunda etapa, o técnico Arsène Wenger trocou Cazorla por Flamini, tentando dar mais consistência no meio campo. Mais aberto e com o Arsenal tentando ir mais à frente, o segundo tempo começou movimentado. Aos 2, Campbell trouxe da direita para o meio e bateu forte de pé esquerdo, mas Lloris caiu no canto e fez grande defesa. Três minutos depois, Eriksen tabelou com Kane pela direita e bateu cruzado. A bola desviou em Flamini e passou com perigo à direita do gol gunner.

Apesar da partida pouco atuante de Özil, o alemão era importante, principalmente em bolas paradas. Aos 8, bateu falta para a área, Giroud desviou de cabeça e a bola explodiu no travessão dos Spurs. Sete minutos depois, cobrou escanteio para a área, Giroud desviou na linha da pequena área e a bola passou à centímetros da trave de Lloris.

Depois de um começo melhor dos mandantes, o Tottenham retomou o comando do jogo e desperdiçou boas oportunidades para matar o jogo. Aos 18, Walker foi à linha de fundo, tocou para trás e Eriksen arriscou de primeira, mas Cech salvou. Instantes depois, o próprio Eriksen achou Kane dentro da área, mas o inglês errou a pontaria e bateu cruzado para fora. Aos 24, Lamela bateu escanteio para a área, Alderweireld cabeceou forte e Cech fez grande defesa para evitar o segundo dos Spurs.

Apesar da superioridade no jogo, o Tottenham foi punido pela falta de efetividade. Aos 32, Özil apareceu pela direita e cruzou na segunda trave até Gibbs e o camisa 3, que acabara de entrar, tocou para o gol e Lloris até tentou defender, mas não evitou que a bola morresse nas redes.

Após o gol, o Arsenal se aproveitou do abatimento do rival e esteve até próximo da virada. Aos 36, Özil ficou com o rebote de escanteio e cruzou fechado para Giroud, que parou em grande defesa de Lloris. Sofrendo com desfalques e sem muitas opções de qualidade no banco, o time da casa apostou em bolas levantadas para a área tentando o segundo gol, mas não conseguiu o resultado que o levaria para a liderança isolada da Premier League.

VAVEL Logo