Capello dispensa analogia e afirma que Milan dos anos 90 jogava mais que atual Internazionale

No último sábado (14), o treinador italiano, Fabio Capello, deu uma entrevista para o jornal de sua terra natal, o La Gazzetta dello Sport e quando perguntado sobre a comparação entre o seu Milan do início da década de 90, e a Internazionale atual, o experiente treinador fez questão de defender a sua equipe e também justificou o motivo da comparação ser injusta, segundo ele:

Naquele ano, o meu Milan vinha de três temporadas consecutivas disputando a Champions League. E não podemos esquecer que o Van Basten ficou fora lesionado por um longo tempo. O Milan daquela época tinha uma grande força defensiva, um conceito que nasceu quando Liedholm treinava o clube e que se aperfeiçoou com o trabalho do Arrigo Sacchi. Comparar essa Internazionale atual com aquele Milan não me parece muito justo. A Inter é um time que vem amadurecendo aos poucos, mas o Milan daqueles tempos jogava bola...”, sentenciou com uma pitada de polêmica o italiano de 69 anos.

A comparação que Fabio Capello foi indagado refere-se a atual fase da Internazionale que lidera a Serie A juntamente com a Fiorentina com 28 pontos e conta com uma defesa muito sólida e segura que sofreu apenas sete gols em doze partidas. O Milan na temporada 1991-92, assim que Capello assumiu o clube depois da saída do lendário Arrigo Sacchi, sagrou-se campeão daquela temporada com uma defesa também muito sólida que sofreu apenas 21 gols em 34 jogos e sem perder uma partida sequer.

Entretanto, a Internazionale mesmo na vice-liderança, vem sofrendo muitas críticas de torcidas e também da imprensa, por conta do seu estilo de jogo ser baseado, maiormente em seu sistema defensivo e consequentemente, o time tem feito poucos gols, até o momento, apenas doze vezes os nerazzurri foram às redes adversárias. 

VAVEL Logo