Del Bosque lamenta cancelamento de amistoso: "Queríamos jogar, mas é questão de segurança"

Temendo por um novo ataque terrorista em amistosos, a Fifa decidiu cancelar o amistoso que foi marcado entre Bélgica e Espanha em Bruxelas, mas não foi realizado devido aos atos realizados em Paris que paralisaram não só o mundo da bola, mas o planeta inteiro. Quem lamentou o cancelamento da partida fora o técnico espanhol, Vicente Del Bosque, que contava com a partida para fazer testes na equipe principal. 

A partida amistosa em Bruxelas seria a última partida dos espanhóis no ano de 2015, e como ela não aconteceu, o técnico de La Roja lamentou: “Nós estávamos ansiosos para jogar, porque seria o último jogo deste ano, mas as razões de segurança devem ser muito fortes para causar o cancelamento. Queríamos jogar o jogo, mas é uma questão de segurança”, disse Del Bosque.

Nos últimos dias, o clima de tensão tomou conta de toda a Europa, e as pessoas foram aconselhadas para não sair a rua sem ter um motivo claro. Sobre a estádia dos espanhóis na Bélgica, Del Bosque fez questão de esclarecer que sua seleção não passou muitas dificuldades, e que foram dias tranquilos: “Creio que os jogadores estão tranquilos, não era para ser e quanto mais cedo voltarmos para Madrid, melhor. Não chegamos a passar momentos de medo. Nós estivemos no hotel, e não havia nenhum problema”, salientou o treinador.

Os frequentes atos terroristas à Paris tem causado um questionamento em boa parte dos amantes por futebol. A pergunta da vez é: Será que a França ainda tem condições de receber a Eurocopa 2016? Para Del Bosque, sim, mas que seja realizada cuidadosamente e com segurança para todos: “Devemos cuidar para que a Eurocopa seja realizada na França dentro de toda a normalidade”, finalizou.

VAVEL Logo