Bologna e Roma se enfrentam em situações completamente opostas na Serie A

Após a pausa para os jogos internacionais de seleções, os times da Serie A voltam a se enfrentar pela competição mais importante da Itália. Na abertura da 13ª rodada, o Bologna receberá a Roma no estádio Renato Dall'Ara, às 15h (de Brasília) deste sábado (21), tentando se distanciar da zona de rebaixamento. Já os visitantes tentam conseguir os três pontos e torcem por tropeços de Internazionale e Fiorentina para retormarem a liderança da competição.

As duas equipes encontram-se em situações muito distintas no campeonato. Com um bom começo, os giallorossi assumiram a terceira colocação e já estiveram no topo da tabela, ao contrário dos donos da casa, que têm apenas quatro vitórias na competição e encontram-se na 16ª colocação, à beira da zona de rebaixamento.

Donadoni afirma que a Roma é um dos melhores times da Itália e confirma escalação de Destro

Em entrevista coletiva, Roberto Donadoni, técnico do Bologna, fez elogios aos adversários, mas mostrou que tentará de tudo para conseguir a vitória diante de sua torcida. Além disso, o italiano confirmou que o atacante Mattia Destro estará em campo para enfrentar seu ex-time: "Nós não temos nenhum problema físico no time. Na verdade a dificuldade é escolher os titulares. Mattia Destro está bem", afirmou Donadoni.

Destro deixou a Roma em definitivo no fim da temporada 2014/15, depois ter passado metade da mesma emprestado ao Milan, sendo contratado pelo Bologna mediante pagamento de 6,5 milhões de euros.

Donadoni reconhece que a tarefa da sua equipe não será fácil e aponta a Roma como um dos melhores times da liga. "Vamos jogar contra um adversário de alto nível, um dos melhores times da liga. Esses jogos são muito bons, mas muito difíceis também", afirmou o treinador.

O italiano também demonstrou que tentará usar a partida como uma vitrine e espera conseguir sair com a vitória: "Queremos aproveitar essa oportunidade para demonstrar nossa qualidade e dar consistência para o que estamos construindo". E para Donadoni, o Bologna só tem uma chance de vencer a Roma: "Nossa única chance se resume a sermos o melhor que o Bologna pode ser".

Rudi Garcia afasta possibilidade de problemas no ataque e elogia crescimento do Bologna

O francês Rudi Garcia, técnico da Roma, passou por dias turbulentos recentemente. O treinador estava presente no Stade de France assistindo a partida entre França e Alemanha quando houveram os atentados terroristas à cidade de Paris. Ainda assim, Garcia pediu foco a seus jogadores e reiterou que todos os acontecimentos não podem atrapalhar a equipe na partida contra o Bologna.

"O maior perigo com tudo que aconteceu na França, a pausa para jogos internacionais e a volta da Uefa Champions League em alguns dias é que poderíamos acabar deixando a partida no Dall'Ara de lado. Isso não pode acontecer. Queremos os três pontos e o Bologna vem de duas vitórias e tem melhorado sob o comando de Donadoni", afirmou o francês.

Além disso, quando questionado sobre possíveis mudanças que seria obrigado a fazer por conta das ausências de Salah e Gervinho, Rudi Garcia se mostrou confiante de que os dois podem ser bem substituídos.

"Nós não jogávamos apenas no contra-ataque com Gervinho e Salah pelas pontas. Falqué estava jogando muito bem antes de se lesionar, era um de nossos principais jogadores. Além disso, temos Iturbe que tem características muito parecidas com as de Mohamed e Gervinho e poderemos usá-lo. Estou confiante", concluiu Rudi. 

VAVEL Logo