Lesão na coxa afasta Hernanes dos gramados por três semanas

A vida de Hernanes na Juventus não tem sido fácil. Sem marcar nenhum gol ou dar assistências após 13 jogos, o brasileiro ficará de molho de três semanas a um mês após sofrer uma lesão no adutor da coxa, no clássico contra o Milan, em que atuou por 45 minutos. O retorno do meio campista deverá ocorrer somente em 2016, na 18ª rodada da Serie A, contra o Hellas Verona.

“Os testes realizados por Hernanes hoje, para verificar um incômodo muscular na coxa sentido na partida contra o Milan, detectaram uma lesão de grau um no músculo adutor da perna direita. A previsão aponta para um retorno entre três semanas a um mês”, informou a Juventus através de comunicado no seu site oficial.

Revelado pelo São Paulo em 2006, o volante teve grande destaque devido a sua capacidade de adaptação aos diversos esquemas táticos. Em 2010 se transferiu ao futebol italiano, para atuar no meio-campo da Lazio, onde ficou por 4 anos. Em 2014, Hernanes foi para a Internazionale, mas não teve o sucesso anterior no clube de Milão, e acabou vendido para a Juventus. 

A contratação de Hernanes veio para suprir as saídas de Pirlo e Vidal no meio campo, mas Il Profeta não tem convencido e constantemente é vaiado pelo torcedor da vecchia. O versátil meio campista custou pouco mais de R$ 45 milhões e já atuou por 674 minutos na temporada.

Com mais essa baixa, o departamento médico da Juve começa a ficar cheio e Massimiliano Allegri terá problemas para escalar sua equipe no duelo decisivo pela Champions League, nesta quarta-feira (25) contra o Manchester City. Além de Hernanes, estão lesionados os volantes Khedira e Padoin, o meia argentino Pereyra, os alas Evra e Asamoah e o defensor Martin Cáceres. Na vice-liderança do grupo D, a Velha Senhora encaminha a classificação até mesmo com um empate.

VAVEL Logo