Bayern atropela Olympiacos com boa atuação coletiva e garante liderança do Grupo F

O Bayern de Munique precisou de 20 minutos para vencer seu confronto diante do Olympiacos. Em jogo realizado na Allianz Arena, em Munique, a equipe bávara dominou e não deu chances aos gregos e venceu por 4 a 0. O jogo foi válido pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Douglas Costa, Lewandowski, Thomas Müller e Coman foram os autores dos gols do confronto.

Com o resultado, a equipe alemã ocupa a liderança do grupo F, com 12 pontos ganhos e se desgarra dos próprios gregos, que permanecem na segunda colocação, com nove pontos. A próxima e derradeira rodada da primeira fase será realizada no dia 09/12, às 17h45 (horário brasileiro de verão). O Bayern de Munique encara o Dínamo Zagreb no Estádio Maksimir, na capital da Croácia; enquanto o Olympiacos disputa com o Arsenal a segunda vaga para as oitavas de final da principal competição europeia de clubes no Estádio Georgios Karaiskakis, na Grécia.

20 minutos impressionantes para o Bayern construir a vitória

Era de se esperar a pressão do Bayern desde os primeiros minutos. Dentro de casa, o time joga ainda mais ávido pelo resultado positivo e não tem medo, se impõe, vai para cima do adversário. A postura dominante resultou em um passeio no primeiro tempo, e a equipe comandada por Pep Guardiola não demorou para abrir o marcador.

Aos oito minutos, Jérôme Boateng aproveitou liberdade e chutou de longe. O goleiro Roberto Jiménez deu rebote. Douglas Costa dominou, avançou e bateu cruzado, no canto do arqueiro. O placar estava aberto. Aos 11, Müller conduziu a bola pelo lado direito de ataque, cortou para o meio e chutou forte. A defesa desviou e Jiménez apenas torceu para não entrar.

Aos 16, porém, não teve torcida que impedisse o segundo gol da equipe bávara. Coman carregou a bola para o meio e arrisca. A pelota bateu em Lewandowski, o artilheiro ficou com a sobra, dominou e bateu forte, mais uma vez no canto, para marcar o segundo gol do Bayern. Três minutos depois, mais um gol. Rafinha cruzou na área, Coman tentou pegar de primeira, mas falhou. Robben ficou com a sobra e colocou a pelota na cabeça de Müller. O atacante alemão, sozinho, marcou o terceiro gol germânico em menos de 20 minutos de partida.

Mesmo com a larga vantagem imposta em tão pouco tempo, o Bayern não deixou de pressionar e tentar transformar a vitória avassaladora em goleada. Aos 23, Lewandowski recebeu na cara do goleiro e bateu desequilibrado. A bola tirou tinta da trave direita defendida por Jiménez. Aos 27, Lewandowski percebeu Thomas Müller sozinho no lado direito da área e mandou para o companheiro de setor ofensivo. Müller ajeitou e bateu cruzado, com muito perigo, para fora.

Os donos da casa ainda tiveram mais duas oportunidades enormes de marcar. Aos 35 minutos, depois de confusão na área, a bola sobrou para Coman, que finalizou cruzado, com desvio. Quatro minutos depois, Coman cruzou na área, Lewandowski tentou desviar de letra para a meta, mas o goleiro Roberto Jiménez afastou o perigo.

Mesmo com um jogador a menos, Bayern sacramenta goleada

O Bayern sofreu um sério desfalque para o restante do jogo quando o zagueiro Badstuber foi expulso aos sete minutos do segundo tempo após cometer falta em Brown Ideye. Como o jogador da equipe grega sairia na cara do gol, o defensor foi expulso pela arbitragem. Diante dessas características, parecia que o Bayern iria se concentrar em realizar um jogo mais tranquilo, com o objetivo de segurar a bola e evitar qualquer perigo adversário. Mas foi diferente.

A equipe alemã continuou a dominar o oponente como se estivesse em superioridade numérica dentro de campo. Aos 12 minutos, Douglas Costa cobrou falta com categoria, mas acertou o lado de fora da rede. No minuto seguinte, Douglas Costa partiu em velocidade pelo campo de ataque, entrou na área e tentou tocar por cobertura. Roberto Jiménez se esticou todo e fez a defesa.

Após criar tantas jogadas e participar de tantos lances ofensivos, Coman foi premiado com um gol. Aos 24 minutos, Lahm alça bola na área, Thomas Müller escorou de cabeça e Coman também desvia de cabeça em dividida com o goleiro Jiménez para marcar o quarto gol do time alemão. Com a goleada posta, o Bayern enfim baixou a guarda e manteve o foco no controle da posse de bola. Aos 46 minutos, Thomas Müller avançou em extrema velocidade, passou pela marcação, entrou na área, driblou o goleiro e chutou na trave. 

VAVEL Logo