Em jogo equilibrado, Lazio derrota Dnipro e garante vaga nas oitavas da Europa League

Na tarde desta quinta-feira (26), a Lazio conseguiu uma importante vitória diante do Dnipro, por 3 a 1, e conseguiu matematicamente avançar para as oitavas de finais da Uefa Europa League. Os gols da equipe italiana foram marcados por Antonio Candreva, logo no começo do jogo, Marco Parolo e Filip Djordjevic, nos acréscimos. O único gol do clube ucraniano foi anotado pelo meio-campista português Bruno Gama.

Com o resultado positivo, a Lazio garantiu vaga para a próxima fase da competição com uma rodada de antecedência. Já o Dnipro, estacionou na terceira posição do torneio, com quatro pontos, e está matematicamente eliminado da Europa League. A derrota da equipe ucraniana classificou o Saint-Étienne, que hoje empatou por 1 a 1 diante do Rosenborg, que também se despediu mais cedo do torneio.

Dnipro joga melhor que Lazio, mas sai atrás do placar

O jogo começou bem movimentado no estádio Olímpico de Roma, pois logo no primeiro minuto, o brasileiro naturalizado belga Renato arriscou da entrada da área e por muito pouco não abriu o placar para a equipe visitante. Em contrapartida, a resposta dos donos da casa foi mortal. No terceiro minuto de jogo, recebeu belo passe nas costas da defesa, invadiu a área, driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol.

Mesmo atrás do placar, o Dnipro não desistiu de perseguir o empate, continuando firmemente no ataque. No sétimo minuto, o albanês Berisha evitou o que seria a igualdade da equipe ucraniana, após ter defendido o chute de Matheus da entrada da área. Os visitantes tinham mais posse de bola e presença no ataque, sendo muito superior à Lazio. Mas o time da capital não deixava o solitário atacante Seleznyov agir, e não dava nenhum espaço para o Dnipro chegar perigosamente ao gol de Berisha.

O Dnipro a partir daí não conseguiu chegar próximo do empate, mas no finalzinho do primeiro tempo, a Lazio quase ampliou em uma das raras jogadas ofensivas Biancocelesti. Aos 44, Candreva cobrou o escanteio na direita do campo e achou o argentino Gentiletti no meio da área, o zagueirão subiu mais que a defesa e testou firme a bola, mas emendeou para a linha de fundo, perdendo uma ótima oportunidade para a Lazio.

Lazio se fecha, consegue gol no final e se classifica para as oitavas de finais

Sem alterações em relação à formação inicial, ambas equipes voltaram para o segundo tempo, e o Dnipro foi quem voltou melhor, indo para o tudo ou nada. A insistência dos ucranianos finalmente deu resultado, pois aos 65 minutos, o português Bruno Gama conseguiu encaixar um chute cruzado contra o gol de Berisha e conseguiu vencer o arqueiro albanês, empatando para o Dnipro e botando eles no jogo.

Mas sem preocupações, a Lazio devolveu o gol três minutos depois. Marco Parolo recebeu na entrada da área e arriscou, a bola desviou no meio do caminho em um dos zagueiros do Dnipro, tirando qualquer chance de defesa do goleiro Boyko, morrendo no fundo das redes. Os ucranianos não abalaram com o segundo gol da equipe italiana, pois caso o Dnipro saísse derrotado do Olímpico de Roma, a equipe comandada pelo treinador Myron Markevych estaria eliminada da competição. 

Bravamente o Dnipro persistiu no ataque, mas a Lazio virou uma retranca total, segurou o jogo até o último minuto, não dando nenhuma brecha para os ucranianos, daí não teve jeito para os The Warriors of Light. Além de estar atrás do placar e fazendo um jogo totalmente defensivo, a Lazio chegou ao terceiro gol e selou o caixão do Dnipro. O sérvio Djordjevic, que entrou no lugar de Matri, conseguiu deixar o seu nos acréscimos do fim da partida, garantindo de vez a classificação para as oitavas de finais da Lazio.

VAVEL Logo