Pellegrini acredita que Manchester City ainda pode ultrapassar a Juventus no Grupo D

Nesta quarta-feira (25), o Manchester City viajou até Turim para enfrentar a equipe da casa, a Juventus, pela quinta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Apesar do equilibrio que foi a partida e a chance de ambas as partes de vencer, foram os donos da casa que saíram com a vitória por 1 a 0, sendo Mandzukic o carrasco da vez.

Com o revés, a equipe inglesa precisa vencer o Borussia Mönchengladbach na última rodada e torcer para a Juventus perder diante do Sevilla, na Espanha, para alcançar a liderança do Grupo D. A tarefa para ser difícil, mas o treinador do time de Manchester, Manuel Pellegrini, acredita na possibilidade de seu clube sair vencedor do grupo que disputa.

Analisando a dificuldade que é jogar contra o Sevilla na Andaluzia adicionado à possibilidade dos espanhóis jogarem a Europa League e, para isso, precisarem vencer a Juventus na última rodada, Pellegrini afirma que precisa esperar o resultado, mas que acredita que o favorável ao seu clube aconteça. "O grupo ainda não acabou. No momento, dependemos do resultado da Juventus na última rodada contra o Sevilla, e esse não será um jogo fácil, visto a dificuldade que é jogar contra eles [Sevilla] na Espanha. Eles precisam vencer se querem jogar a Europa League, portanto está tudo aberto", explicou o chileno.

Já passando por uma dissecação do que foi a partida em si, Manuel comentou que as equipes fizeram bem os seus papéis, mas que a sua, por outro lado, foi infeliz de não conseguir marcar um gol.

"Acho que não tivemos sorte de perder o jogo, apesar do bom jogo proporcionado. Mandzukic finalizou bem, mas tivemos chances de pelo ao menos empatar a partida, porém não o fizemos. Fernandinho teve a chance de abrir o placar, mas não marcou e sair na frente é bem importante em partidas assim. E, apesar de não ser o resultado que queríamos, tentamos dominar a partida e não estou insatisfeito com a atuação da equipe", analisou Pellegrini.

VAVEL Logo