Guia VAVEL da Pré-Libertadores: Oriente Petrolero x Santa Fé
Foto: Rodrigo Rodrigues/ Vavel Brasil

Na próxima quinta-feira (4), a Copa Libertadores da América começará a valer para as equipes que disputam sua fase prévia. Em um deles, Oriente Petrolero e Santa Fé se enfrentarão, valendo vaga no Grupo 8, que já tem Corinthians, Cobresal e Cerro Porteño.

O Club Deportivo Oriente Petrolero reside na Bolívia, e foi fundado em 1955, na cidade de Santa Cruz de la Sierra. O time manda seus jogos no Estádio Ramon Tauichi Aguilera, com capacidade para 35.000 espectadores.Talvez a única lembrança que os brasileiros tenham do clube alviverde é da última passagem do time na Libertadores, em 2011, quando diante do Grêmio, a equipe perdeu por 3 a 0 no estádio Olímpico, pela fase grupos.

Uma das curiosidades sobre o clube boliviano, é que, junto com o The Strongest, nunca disputou a "Série B" do torneio nacional.

Última participação dos alviverdes foi na Copa Sul-Americana de 2015 (Foto: Getty Images)
Última participação dos alviverdes em competição continental foi na Copa Sul-Americana de 2015 (Foto: Getty Images)

Com passagem mais recente pela Libertadores, o Indepediente Santa Fé é o mais conhecido dos torcedores, principalmente os gaúchos, com boas, e más memórias. Na última Libertadores, o time colombiano fora eliminado pelo Internacional nas quartas de finais da competição, após ter vencido por 1 a 0, em casa e sofrer 2 a 0, no Beira-Rio.

Atual campeão da Copa Sul-Americana 2015, diante do Huracán

Já para os gremistas, as lembranças não são boas. Em 2013, o time gaúcho foi eliminado pelos colorados depois de vencer na Arena por 2 a 1 e levar a virada no placar agregado, no El Campín, por 1 a 0.

Na última competição internacional disputada pelos colorados, o time sagrou-se campeão da Copa Sul-Americana 2015, após vencer o Huracán na final, ganhando assim, sua vaga para disputar a Libertadores.

Santa Fé é o atual campeão da Copa Sul-Americana (Foto: Getty Images)
Santa Fé é o atual campeão da Copa Sul-Americana (Foto: Getty Images)

Expectativa para o confronto

Um leve favoritismo para o Santa Fé reina no confronto da Pré-Libertadores entre colombianos e bolivianos. Atual campeão da Sul-Americana, o time colorado tem a qualidade do elenco e a história favorável em recentes competições internacionais, diferentemente do Oriente Petrolero, que ainda não sagrou-se campeão de nenhuma competição fora do país. Os dois estádios contêm nível acima do mar e costumam dar trabalho para os times adversários, que logo cansam na segunda etapa.

A expectativa na Bolívia é grande para que o Oriente Petrolero possa, ao lado do Bolivar, representar o país com orgulho no torneio. Em 2014, o Bolívar chegou à semifinal da competição, caindo apenas para o San Lorenzo - campeão.

Já os colombianos veem mais uma Libertadores batendo na porta, uma vez que, nos últimos dois anos, a equipe fez ótimas campanhas, chegando às quartas de finais, eliminando e caindo para brasileiros - Grêmio e Inter.

Não há como negar o favoritismo dos colombianos, mas, como a graça do futebol está nas incertezas e nas peculiaridades que uma partida pode trazer, os bolivianos podem surpreender a tradicional equipe da Colômbia.

Campanha das equipes em 2015

Pode-se dizer que as duas equipes tiveram empenho satisfatório em 2015. Para o Santa Fé, talvez mais que isso, já que a equipe sagrou-se campeã da Copa Sul-Americana, com uma campanha impecável e vencendo o Huracán, na final. Em contraposição, o Oriente Petrolero não participou de competições internacionais.

Oriente Petrolero teve bom rendimento no Campeonato Nacional; Santa Fé apostou as fichas na Sul-Americana

Tratando-se dos campeonatos locais de cada clube, os alviverdes levaram a melhor. No Boliviano Clasura 2015, a equipe somou 34 pontos e ficou na quinta posição do torneio. No Apertura, o time somou os mesmos 34 pontos, tendo um geral de 68, e classificando-se, então, para o torneio prévia à Libertadores.

O Santa Fé, por sua vez, com foco na Sul-Americana, somou 62 pontos e ficou na oitava posição geral do Campeonato Colombiano. Porém, como os colorados conquistaram o torneio sul-americano, classificaram-se para a fase prévia à Libertadores.

Destaques das equipes 

O melhor jogador dos Petroleros é Alcides Peña. Atacante, camisa 7 e jogador da Seleção Boliviana. Pela equipe boliviana, são 236 jogos e 80 gols marcados. É ídolo dentro e fora dos gramados. O Oriente é o único clube de Alcides, que tem 27 anos.

Veloz, finalizador e driblador, são as qualidades do atacante que é a esperança de gols do Oriente Petrolero nos confrontos decisivos diante do Santa Fé.

Jogador é ídolo na Bolívia (Foto: Getty Images)
Jogador é ídolo na Bolívia (Foto: Getty Images)

ìdolo, camisa 10 e capitão. Essas são as qualidades de Omar Pérez, jogador de 34 anos que atua pelo Santa Fé desde 2009. São 207 jogos e 58 gols com a camisa vermelha dos colorados. Foi ele quem levantou a troféu da Copa Sul-Americana, conquistado pelo Santa Fé em 2015.

Ídolo do Santa Fé, Ómar Pérez é o dono da camisa 10 e da faixa de capitão do time (Foto: Getty Images)
Ídolo do Santa Fé, Omar Pérez é o dono da camisa 10 e da faixa de capitão do time (Foto: Getty Images)

Treinadores

De treinador novo, o Oriente Petrolero apostou em Xabier Azkargorta, ex-treinador do Bolivar, atual campeão boliviano e semifinalista da Libertadores em 2014. Com 62 anos, o rodado técnico já passou por Sevilla, Athletic Bilbao, Real Sociedad, Seleção Chilena, Seleção Boliviana, entre outros clubes tradicionais. 

Defensivo, a aposta do treinador deverá ser priorizar o ataque no primeiro jogo, para poder defender-se como puder na Colômbia.

Técnico já treinou seleções como Chile e Bolívia (Foto: Getty Images)
Técnico já treinou seleções como Chile e Bolívia (Foto: Getty Images)

E por fim, um dos treinadores mais bem-sucedidos de 2015. Campeão da Sul-Americana, Gerardo Pelusso, treinador de 61 anos, assumiu o Santa Fé no ano passado, e em pouco tempo, levou o time ao título da competição internacional, virando rapidamente ídolo.

Também rodado, Gerardo já passou por diversos times, tal como: Racing, Nacional, Universidad Chile, Olimpia, LDU, Emelec, entre outros.

Conhecido por caracterizar times defensivos e rápidos em contragolpes, essa poderá ser uma forte arma do Santa Fé nas partidas fora de casa.

Atual campeão da Sul-Americana, Gerardo quer ainda mais no comando do Santa Fé (Foto: Getty Images)
Atual campeão da Sul-Americana, Gerardo quer ainda mais no comando do Santa Fé (Foto: Getty Images)

VAVEL Logo