Guia VAVEL da Pré-Libertadores 2016
FOTO: VAVEL

Em sua 57° edição, a Copa Libertadores da América de 2016 contará com times como Racing e São Paulo em sua fase prévia. Nesta fase, os times deverão enfrentar um adversário em buscar de uma vaga em um grupo definitivo. Dividido em seis chaves, haverão doze times se enfrentando: Oriente Petrolero, Santa Fé, Huracán, Caracas, Puebla, Racing, River Plate-URU, Universidad do Chile, Independiente del Valle, Guaraní, Universidad César Vallejo e São Paulo.

Neste guia, a VAVEL Brasil analisou cada confronto, detalhando o que podemos e não podemos esperar dos times que compõem a fase inicial da maior competição do continente

Oriente Petrolero x Independiente Santa Fé

Na chave G1 encontram-se Oriente Petrolero e Santa Fé. O time boliviano deverá enfrentar o atual campeão da Sul-americana no dia 04 (quinta-feira) com mando de campo do Oriente Petrolero. Para a disputa, o time de Xabier Azkargorta deverá contar com a estrela do fiel Alcides Peña. O artilheiro dono da camisa 07 da equipe deverá ser um dos pilares do time para sair vitorioso do confronto.

Já o Santa Fé, fortificado com o título da última Sul-Americana conquistado diante do Huracán, contará com o grande Omar Pérez para confirmar sua vaga no grupo 08. O segundo jogo acontecerá na casa do time colombiano que tem capacidade para quase 49 mil torcedores.

Huracán x Caracas

Na chave G2 irão se encontrar Huracán e Caracas da Venezuela. Ambos os clubes tem como treinadores ex-jogadores. O primeiro jogo deverá ser disputado na Argentina, com mando de campo do Huracán no dia 02 (terça-feira). O segundo jogo ocorrerá no dia 09 (terça-feira), uma semana depois, no Estádio Olímpico da Universidade Central da Venezuela.

Para o confronto, o Huracán terá como principal estrela Romero Gamarra, um meio campo de apenas 21 anos que tem sido destaque da equipe nos últimos mese. Já o Caracas, conta com a força da sua tradicional camisa 10 para lograr êxitos e conquistar vaga no grupo 04 da competição.

Puebla x Racing

Na chave G3 deverão disputar vaga para a chance principal da competição o argentino Racing e o mexicano Puebla. O clube argentino voltará a competição após ficar afastado desde 2002 e só retornar em 2015. O clube deverá contar com as estrelas de Diego Milito e Gustavo Bou para conquistar a vaga no grupo 03.

Já o Puebla deverá contar com seus jogadores Bermúdez e Patrício Araújo, ambos com passagens pelas seleções de base do México. Além disso, o mexicano deverá se aproveitar do fator casa já que o primeiro jogo do confronto que ocorre dia 04 (quinta-feira) será em casa. O segundo jogo datado para o dia 10 (quarta-feira) acontecerá no famoso El Cilindro.

River Plate-URU x Universidad do Chile

Na chave G4 encontram-se Universidad do Chile e River Plate do Uruguai. O primeiro jogo acontecerá dia 02 (terça-feira) com vantagem para o River que inicia a competição em casa. A equipe uruguaia contará com Robert Flores, destaque da equipe que já teve passagem pelo futebol brasileiro, para sair afrente na disputa.

Já a Universidad do Chile, com seu favoritismo pioneiro, terá o mando de campo na segunda partida que ocorrerá dia 02 (terça-feira) no Estádio Nacional, onde a equipe de Beccacece contará com a estrela de Gustavo Lorenzetti para garantir vaga no grupo 02.

Independiente del Valle x Guaraní-PAR

Na chave G5 enfrentam-se Independiete del Valle e Guaraní do Paraguai. O primeiro jogo da disputa ocorrerá dia 04 (quinta-feira) no Estádio Rumiñahui, com mando de campo do clube equatoriano. A equipe deverá contar com a estrela do seu time, o goleiro Librado Azcona para se sair bem no primeiro jogo.

Já o Guaraní deverá contar com a força dos seus torcedores para a seguna partida que ocorrerá dia 11 (quinta-feira) do popular Estádio Defensores del Chaco.

Universidad César Vallejo x São Paulo

A chave G6 conta com o tradicional São Paulo enfrentando o Universidad César Vallejo. O clube brasileiro fará seu primeiro jogo fora de casa no dia 03 (quarta-feira) e o segundo jogo no dia 10, uma semana depois. A segunda partida porém não ocorrerá no Morumbi e sim no Pacaembu.

Com reforços como Calleri e Lugano, o São Paulo espera confirmar o favoritismo do confronto e ser superior ao time do técnico Franco Navarro conquistando assim a vaga no grupo 01 da competição. O time peruano conta com a estrela de Millán, que foi fundamental na conquista da vaga para a pré-libertadores e espera continuar sendo um dos pilares da equipe.

VAVEL Logo