Resultado de Deportivo Cali x Boca Juniors na Copa Libertadores 2016 (0-0)
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

Muito obrigado a você que acompanhou este jogo pela VAVEL Brasil. Acompanhe estes e outros campeonatos durante 2016. Um abraço e até mais!

45' Fim de papo. Boca foi melhor, mas criou pouco. Deportivo Cali defendeu-se bem, mas não soube atacar. Um ponto para cada equipe.

40' Partida perdeu em emoção. Times não conseguem criar mais

32' Agora é o Boca quem tem mais intensidade, e busca um gás final para vencer

24' Posse de bola: Deportivo Cali: 47% x 53% Boca Juniors

19' Perigo! Borré recebe na área, faz o pivô, e chuta com perigo para a meta do goleiro Orion! 

17' Colombianos melhoraram no jogo. Mandantes tem a posse e pressionam o Boca 

7' Diferente da primeira etapa, segunda começa truncada e com poucas chances de gols 

0' Recomeça o jogo no estádio Deportivo Cali

46' Final do primeiro tempo de um jogo muito bom até aqui

Foto: Divulgação/ Deportivo Cali
Foto: Divulgação/ Deportivo Cali

43' Na trave!!!! Preciado recebe grande passe e chuta no poste do goleiro Orion. Melhor chance do jogo até agora

38' Olha o Tevez! Camisa 10 xenense é lançado, dominou com perfeição e cortou o zaugueiro; frente ao guarda-redes, chutou sobre a meta do goleiro

30' Tevez é o destaque pro jogo. Marca, arma e ataca por parte do Boca Juniors, que é inteiramente melhor que o Deportivo na partda

23' Quase! Palacios cabeceia com perigo e a bola passa perto da meta do goleiro do Deportivo Cali. Boca segue em cima

14' A pressão é do Boca Jr nesse início de jogo. Mesmo jogando em casa, Deportivo Cali se defende 

10' Lodeiro fora: jogador sentiu e pediu para sair

4' Primeira chegada do Boca! Tevez cruza da direita para Silva, que chuta nas mãos do goleiro 

0' Começa o jogo!

Torcida faz mosaico muito bonito no Estádio Deportivo Cali (Foto: Divulgação/ Deportivo Cali)
Torcida faz mosaico muito bonito no Estádio Deportivo Cali (Foto: Divulgação/ Deportivo Cali)

Escalação do Deportivo Cali: Ernesto Hernandez; Palacios, Lozano, Mera e Banguero; Sambueza, Pérez, Godoy e Roa; Boré e Preciado

Escalação do Boca Juniors: Orion; Molina Lucero, Díaz, Insurradle, Silva; Bentacur, Cubas, Gago; Lodeiro; Tevez e Palacios

21h40 | Equipes voltam aos vestiários. Quando retornarem ao campo, será dar início ao confronto!

21h30 | Times no aquecimento no gramado

19h | Apesar dos jogos realizados na última semana, este jogo marca a estreia das duas equipes na Libertadores da América.

19h | Equipes ainda no Hotel, à espera do ônibus para rumar ao estádio Deportivo Cali, na Colômbia.

Para o jogo de logo mais, “Vasco” Arruabarrena não poderá contar com o experiente atacante Pablo Osvaldo, que, segundo o comandante, “não está em condições, tem dores no pé e se preferiu não arriscar”. A última vez que Deportivo Cali e Boca Juniors se enfrentaram foi em março de 2004. Naquela noite, os bonaerense venceram por 1 a 0, com gol de Fabián Vargas. Carlos Tevez atuou como titular.

“É um rival muito completo. Tem muita dinâmica, e fisicamente e tecnicamente são muito bons. As partidas da Copa são todas difíceis. Se te apuras e não fores inteligente, podes cair fora", explanou.

Durante a semana, Nicolás Lodeiro comentou sobre a expectativa para a partida contra os colombianos. O uruguaio teceu elogios ao adversário e mostrou conhecimento de que sua equipe não encontrará vida fácil na Libertadores.

O Boca Juniors conquistou sua vaga para a Libertadores via Campeonato Argentino, em que os Xeneizes se sagraram campeões. O time do técnico Rodolfo Arruabarrena ainda conquistou a da Copa Argentina em partida polêmica contra o Rosario Central, título que também concede ao vencedor um lugar no principal torneio de clubes da América do Sul.

Castro convocou relacionou 18 jogadores para o debute verdiblanco. A única ausência fica por conta do meio-campista Kevin Balanta, que torceu o tornozelo na goleada do time de Cali sobre o Huila no último final de semana. Por outro lado, o treinador pode contar com os retornos do paraguaio Miguel Ángel Godoy, do lateral Luis Orejuela e do volante Carlos Rentería.

“Boca é uma equipe que faz as coisas bem, mas acho que amanhã[quarta-feira], podemos obter um bom resultado. Os times argentinos são sempre sérios, dão o máximo, o jogador argentino é muito forte, mas o Boca de hoje em dia faz anos que não é o mesmo. Estamos tranquilos”, analisou.

Em entrevista pré-jogo, o técnico Fernando Castro alertou para as características dos clubes e jogadores argentinos, sem deixar a confiança de lado. Por outro lado, o comandante sugeriu que o adversário de estreia não é mais a mesma potência em relação a temporadas passadas.

O Deportivo Cali é o mais recente vencedor do Apertura colombiano, o que garantiu o clube na fase de grupos da Libertadores. Na Liga Águila, os "Azucareros" ocupam a terceira posição, com 10 pontos, um a menos que o Millonarios, primeiro colocado. A equipe ainda conta com os serviços de Rafael Borré, artilheiro do torneio com quatro gols marcados em cinco rodadas.

Os colombianos vão para a partida com a confiança em alta. No último sábado (20), a equipe aplicou uma sonora goleada por  5 a 1 no Huila, na 5º rodada da Liga Águila. Os Xeneizes também não economizaram nos gols. Após um começo conturbado noCampeonato Argentino, os portenhos golearam o Newell’s Old Boys por 4 a 1 e emplacaram a segunda vitória consecutiva no certame.

Deportivo Cali e Boca Juniors voltam a se enfrentar 38 anos depois de editarem a final da Copa Libertadores da América – vencida então pelos argentinos. A partida, estreia das equipes no principal torneio entre clubes sul-americanos, ocorre nesta quarta-feira (24), no Monumental de Palmaseca, às 21h45, em Cali. O jogo é válido pelo Grupo 3, que também é integrado por Racing e Bolívar.

nicia-se por completo a 57° Copa Libertadores da América. Depois da fase inicial, onde se classificaram 6 equipes das 12 que disputavam a pré-vaga, as equipes deveram disputar em grupo duas vagas cada um para a próxima fase da competição. Para isso deverão enfrentar grandes viagens, altitude, estádios lotados e muita pressão para conquistar a tão desejada taça.

Já definidos, cada grupo tem sua característica própria e cada equipe deverá buscar em si e no adversário forças e fraquezas para ultrapassarem uns aos outros. Essas características serão apresentadas a partir desse guia que a VAVEL Brasil preparou.

No grupo 01 encontram-se disputas já conhecidas entre o atual campeão River Plate e São Paulo. Incrementa o grupo o já conhecido da competição The Strongest e o Trujillanos que disputa a competição pela terceira vez.

No grupo ao lado, nomeado por grupo 02 também há um River. Este porém é do Uruguai. Ele divide grupo com o atual campeão da Copa do Brasil Palmeiras e com o Nacional e o atual vice-campeão argentino Rosário Central.

No grupo 03 há uma dupla de conhecidos argentinos: Boca e Racing; e junto deles há o Bolívar e o Deportivo Cali que buscam conquistar título inédito para ambos na competição.

No grupo 04 e não menos importante, encontramos o já tradicional Peñarol disputando vaga com o Atlético Nacional, o Sporting Cristal e o recém classificado Huracán, que veio da pré-Libertadores.

O Atlético Mineiro encontra-se no grupo 05 juntamente com o Melgar que vem para a sua terceira participação na competição. Além deles há o Colo-colo e o Independiente dell Valle, resgatado da pré-Libertadores por vencer o Guaraní.

No grupo 06, considerado o grupo da morte, iremos apresentar o Grêmio juntamente com o popular San Lorenzo, a LDU e o Toluca. As equipes populares no continente fazem desse o grupo mais forte da competição até aqui por conta do histórico e número das equipes que compõe essa fase da competição.

No grupo ao lado porém há equipes não tão populares. Olimpia, Emelec, Deportivo Táchira e Pumas-UNAM fazem parte da chave 07 e apesar de não serem tão temidos, deverão trabalhar muito entre si durante a competição.

Fechando os grupos temos a  chave 08 que é composta por Corinthians, Cerro Porteño, Cobresal e Santa Fé. A equipe comandada por Tite passa por reformulação e espera não ter trabalho diante dos adversários, conquistando assim uma vaga para a próxima fase da competição.

Boa noite, torcedor! Acompanhe agora a partida entre Deportivo Cali x Boca Juniors, pela Copa Libertadores da América 2016! Fique conosco!

VAVEL Logo