Fiorentina não sai do zero diante do Frosinone e perde chance de se aproximar da zona de UCL

Fiorentina não sai do zero diante do Frosinone e perde chance de se aproximar da zona de UCL

Viola, que havia empatado com o lanterna Verona na rodada passada, fica no 0 a 0 com o vice-lanterna Frosinone e continua a cinco pontos da 3ª posição

bruno-da-silva
Bruno da Silva
FrosinoneLeali; Matteo Ciofani (Pryima, min. 90), Ajeti, Blanchard, Pavlovic; Gori, Sammarco, Frara (Gucher, min. 22); Paganini, Kragl, Daniel Ciofani (Tonev, min. 74). Técnico: Roberto Stellone
FiorentinaTatarusanu; Roncaglia, Gonzalo, Astori; Bernardeschi (Tello, min. 63), Badelj (Zárate, min. 71), Vecino, Borja Valero, Marcos Alonso; Ilicic (Babacar, min. 86), Kalinic. Técnico: Paulo Sousa
ÁRBITROPaolo Valeri, auxiliado por Claudio La Rocca e Gianmattia Tasso. Amarelos: Ajeti, Gori, Sammarco, Kragl (FRO); Marcos Alonso, Roncaglia, Astori, Kalinic (FIO)
INCIDENCIAS30ª rodada da Serie A Tim 2015-16, no Stadio Matusa, em Frosinone, Itália

Enfrentando os dois últimos colocados na Serie A em sequência, a Fiorentina mais uma vez decepcionou e ficou no empate com o Frosinone, fora de casa, em 0 a 0. A Viola, assim, se mantém na 4ª colocação, com 55 pontos, cinco a menos que a Roma, que está em 3º. Os Crociari caem para 19º, com 27.

Na próxima rodada, os times só entram em campo no dia 3 de abril, após a parada para a data Fifa. O Frosinone visita o Genoa, enquanto a Fiorentina recebe a Sampdoria. Ambas as partidas às 10h.

Em primeiro tempo nervoso, Viola joga mal, mas perde gol incrível no fim

A primeira etapa foi de um jogo muito tempo no Matusa. A Fiorentina dominou a posse de bola durante todo o tempo - 69% -, mas o Frosinone conseguiu criar chances principalmente roubando bolas no campo de ataque. Com a necessidade de vitória para os dois lados, foram muitas as jogadas ríspidas e pequenas confusões - inclusive do técnico da Viola, Paulo Sousa, com Kragl ao final do primeiro tempo.

A primeira chance aconteceu aos 12. Alonso cruzou para a área e encontrou Ilicic, que pegou mal e parou em defesa tranquila de Leali. Apesar do número elevado de finalizações da Fiorentina (12, contra seis dos mandantes), o time teve momentos de muita instabilidade na defesa, e as principais oportunidades foram já no fim. Com o encaixe da marcação no campo de ataque, o Frosinone passou a incomodar muito a saída de bola do rival e começou a criar.

Aos 25, e saída errada, Paganini fez boa jogada individual, mas chutou em cima da defesa. No rebote, Gori arriscou de longe, mas Tatarusanu espalmou. Na sequênica, após cobrança de lateral, Kragl bateu de fora da área, porém outra vez o goleiro da Viola apareceu para fazer a defesa. Aos 32, em lançamento de Ciofani para a área, Kragl bateu livre de marcação e mandou chute forte por cima. 

Já a parte final, foi de chances inacreditáveis desperdiçadas pela Viola. Aos 43, em cruzamento de Alonso para a área, Ilicic ajeitou e Kalinic bateu para o gol, mas Blanchard salvou e tirou a bola da direção do gol. Nos acréscimos, em novo cruzamento da esquerda, Kalinic acertou a trave. No rebote, Valero, já na pequena área, chutou primeiro para defesa de Leali e depois mandou no travessão a oportunidade da Fiorentina de abrir o placar.

Fiorentina melhora defensivamente, mas não conquista resultado

No começo do segundo tempo, a Viola se mostrou mais bem postada defensivamente, sofrendo menos e chegando ao ataque. Aos 9, Bernardeschi recebeu de Ilicic dentro da área e bateu travado, mandando pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Vecino cabeceou bem, mas Leali salvou os mandantes.

Seis minutos depois, Ilicic descolou passe para Kalinic, que bateu para o gol, mas Leali segurou. Apesar do grande número de finalizações, a Fiorentina, aos poucos, foi tendo mais dificuldades para entrar na área rival e passou a arriscar chutes de fora da área, sem muito sucesso. Paulo Sousa fez alterações ofensivas, colocando Tello e Zárate em campo, mas eles não conseguiram fazer a diferença.

Quem veio do banco para melhorar seu time, foi o búlgaro Tonev, pelo Frosinone. Aos 31, em saída errada da Fiorentina, ele arriscou de fora da área, mas Tatarusanu espalmou. Cinco minutos depois, Tonev novamente arriscou de fora da área e mandou na trave esquerda da Fiorentina.

Apesar do domínio na posse de bola - 67% - e de 25 finalizações no jogo, não foram tantos os chutes da Viola que fizeram Leali trabalhar no segundo tempo. Assim, a Fiorentina desperdiçou mais dois pontos, deixando o sonho de Uefa Champions League mais longe de Florença.

VAVEL Logo