Resultado e gols Real Madrid x Wolfsburg no jogo na Champions League (3-0)
(Foto: VAVEL Espanha)
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

GOL 3-0 Cristiano Ronaldo

GOL 2-0. Cristiano Ronaldo

GOL 1-0. Cristiano Ronaldo

Wolfsburg e Real Madrid protagonizaram, na semana passada, um duelo em que a surpresa foi o elemento principal. Embalados pela vitória no superclasico, os Merengues foram derrotados por 2 a 0 pelos Lobos, que até criaram oportunidades para sair de campo com um placar mais dilatado.  A partir das 15h45 (horário de Brasília) desta terça-feira, no Santiago Bernabéu, espanhóis e alemães voltam a se enfrentar e definem quem avança para as semifinais da Uefa Champions League.

Os ventos sopram a favor dos madridistas. Pelo menos dentro das fronteiras espanholas. Na Liga BBVA, o time de Zinedine Zidane acumula seis vitórias consecutivas, sendo a mais recente a goleada por 4 a 0 sobre o Eibar no último final de semana. De quebra, a equipe voltou a sonhar com o título, já que apenas quatro pontos a separam do líder Barcelona.

No âmbito nacional, os Alviverdes estão longe do seus melhores dias. Na Bundesliga 2015/2016, os comandados de Dieter Hecking não triunfam há quatro jogos e postulam na oitava colocação - que não garante vaga em nenhuma competição europeia na próxima temporada. No último sábado, o empate por 1 a 1 com o Mainz 05 deixou o clube da Baixa Saxônia a seis pontos do próprio Mainz, última equipe a garantir vaga na Liga Europa no momento.

Por mais que as atenções rotineiramente se voltem para o trio formado por Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo, a defesa do Real Madrid ostenta números que inspiram confiança na torcida blanca. Na atual edição da Uefa Champions League, os Merengues não foram vazados em nenhuma das quatro partidas realizadas no Santiago Bernabéu - tendo enfrentado Shakhtar Donestk, PSG, Malmo e Roma.

No mesmo sentido, a equipe encerrou a fase de grupos como a segunda menos vazada na competição - empatada com Juventus, Atlético de Madrid, Chelsea e Bayern de Munique. Vale a menção de que, no período, Rafa Benítez foi o comandante madridista.

Keylor Navas ficou 738 minutos sem sofrer gols na competição (Foto: Getty Images)
Keylor Navas ficou 738 minutos sem sofrer gols na competição (Foto: Getty Images)

Para reforçar o otimismo dos espanhóis, o técnico Zinedine Zidane não deve ter desfalques para a partida desta terça-feira. Todo o elenco participou normalmente do treinamento realizada na manhã de segunda. Desfalque na semana passada, o zagueiro Varane participou normalmente da atividade. Mesmo caso de Benzema, que foi substituído ainda no primeiro tempo na Alemanha.

As únicas dúvidas em relação à formação inicial giram em torno das presenças de Danilo e Casemiro. Titular na ida, o lateral pode ser substituído por Carvajal, enquanto o meio-campista pode dar vaga a James Rodríguez, dono de características mais ofensivas em comparação com o brasileiro.

Uma eventual eliminação representa a quebra de uma sequência relativamente longínqua favorável ao Real Madrid. Afinal, a última vez que os Merengues não marcaram presença nas semifinais da Champions League foi na temporada 2009/2010. Na ocasião, o time então dirigido por Manuel Pellegrino caiu diante do Lyon nas oitavas de final do torneio.

Pés no chão. Mesmo após a vantagem arquitedada na Volkswagen Arena, jogadores e comissão técnica do Wolfsburg fazem questão de jogar o favoritismo para o lado do Real Madrid. O triunfo em nada alterou o discurso do zagueiro Dante, que, antes do jogo de ida, "calculou" em 2% a chance de sua equipe passar de fase.

"O time todo ajudou bastante nesse sistema defensivo. As chances continuam em 2%. O Real Madrid continua favorito. Fizemos uma boa partida, dois gols em casa e não tomamos nenhum. Eles continuam favoritos, mas sabemos que vamos continuar jogando todas as cartas para se classificar", ponderou ainda na semana passada.

Dante deve formar a dupla de zaga ao lado de Naldo (Foto: Odd Andersen/AFP)
Dante deve formar a dupla de zaga ao lado de Naldo (Foto: Odd Andersen/AFP)

Para a decisão no Santiago Bernabéu, a tendência é de repetição. Vieirinha deve seguir na lateral-direita, enquanto Luiz Gustavo e Guilavogui são os meio-campistas mais recuados. Nas pontas, Bruno Henrique e Draxler - ambos de grande atuação na última semana - devem auxiliar a equipe tanto no momento ofensivo quanto no defensivo, especialmente com a marcação em cima dos laterais.

A tradição que sobra nos Merengues quando o assunto é Uefa Champions League é escassa pelo lado alemão. O time de Wolfsburgo está disputando a competição pela segunda oportunidade na sua história. Caso avance fase, será a primeira vez que disputará uma semifinal.

Os únicos desfalques para o técnico Dieter Hecking são os lesionados Sebastian Jung e Daniel Caligiuri.

Boa tarde aos amigos da VAVEL Brasil! Acompanharemos juntos hoje a segunda partida entre Real Madrid x Wolfsburg, pela UEFA Champions League.

VAVEL Logo