Olympique de Marseille empata com Nantes e se aproxima da zona de rebaixamento

O Olympique de Marseille aumentou a sequência sem vitórias em casa na Ligue 1. Neste domingo (24), no Stade Vélodrome, a equipe empatou em 1 a 1 com o Nantes, em partida válida pela 35ª rodada. Nicolas N'Koulou (contra) e Florian Thauvin marcaram os gols do jogo.

Sem vencer no Vélodrome desde 13 de setembro de 2015, o Marseille vive momento conturbado dentro e fora de campo. O clube está a venda, Míchel foi demitido, Franck Passi assumiu interinamente e o fantasma do rebaixamento já assusta. O Olympique está na 16ª posição da Ligue 1 com apenas 41 pontos. O Stade de Reims, primeiro na zona da degola, tem 36.

A equipe ainda tem mais três jogos para se salvar. No próximo domingo (1), o OM encara o Angers fora de casa. Dia 7 de maio acontecerá o confronto direto com o Stade de Reims, em casa. Na última rodada, o adversário será o Troyes. Para “salvar” a temporada, os Marseillais disputarão a final da Copa da França contra o PSG dia 21 de maio.

O Nantes está em 10º, com 45 pontos. No sábado (30), os canários recebem o Nice, que briga por vaga em competições europeias.

A primeira boa chance da partida foi do Olympique de Marseille. Bouna Sarr arrancou pela esquerda, driblou o marcador e soltou a bomba de perna direita, a bola passou por cima da meta. A resposta do Nantes aconteceu pouco depois: Thauvin perdeu a bola na entrada da área e Thomasson chutou para boa defesa de Mandanda.

Do outro lado, Vizcarrondo vacilou e Batshuayi recuperou em boa posição. O atacante belga chutou rasteiro da meia lua e Dupé salvou com a ponta dos dedos. A bola bateu no pé da trave e o goleiro e voltou para as mãos do goleiro. Aos 30 minutos, o Nantes abriu o placar: Dubois cruzou da esquerda, N'Koulou antecipou-se e tentou fazer o corte, mas a bola pegou nas costas do zagueiro e entrou.

Os donos da casa voltaram com uma postura diferente na etapa final. Javi Manquillo dominou pela direita, trouxe para o meio e achou Thauvin entre os zagueiros. O camisa 24 driblou Vizcarrondo e Djidji e tocou na saída de Dupé. Aos 55 minutos, em disputa na faixa lateral direita da defesa do OM, Romao deu um passe e depois chutou Bammou por trás. O árbitro viu e mostrou vermelho direto.

Contra-ataque do Nantes, Bammou entrou na área e chutou na rede pelo lado de fora, assustando Mandanda. Abou Diaby saiu machucado aos 67 minutos. O argentino Sala, do Nantes, teve um gol anulado pela arbitragem. No fim do jogo, Adryan, ex-Flamengo, entrou na vaga de Thomasson. O brasileiro teve uma boa chance, mas o chute foi defendido por Mandanda.

VAVEL Logo