Na Venezuela, Táchira quer reverter favoritismo do Pumas pela Libertadores
Na Venezuela, Táchira quer reverter favoritismo do Pumas

Nesta terça (26) o Deportivo Táchira recebe o Pumas no estádio Pablo Nuevo pelo primeiro duelo de oitavas de final entre as equipes da Copa Libertadores 2016. Num confronto que põe frente a frente a sólida campanha dos mexicanos do Pumas que irão se reencontrar com os venezuelanos do Deportivo Táchira.

Vale lembrar que os conjuntos já estiveram no mesmo grupo na fase anterior, com o time da Venezuela vencendo o primeiro encontro por 2 a 0 e a equipe do México dando o troco por 4 a 1 sobre o Táchira.

Táchira conta com fator casa e com o atacante Sergio Herrera

Os aurinegros querem seguir com seus bons números na competição, onde conseguiu três vitórias nos três jogos disputados, com 5 gols marcados e apenas um sofrido, a força do estádio e da torcida de San Cristóbal serão mais uma vez muito importantes para a equipe avançar na eliminatória.

Um dos destaques da equipe na temporada, o atacante Sergio Herrera falou sobre o duelo no campeonato local diante do Caracas e da partida contra o Pumas.

"Com boa mobilidade, com intensidade, e uma uma grande partida de (Juan Carlos) Azocar, de (Daniel) Febles, de Héctor Pérez, todos estiveram no segundo tempo em grande forma para conseguirmos o empate", falou ele sobre o compromisso deste domingo.

"Toda partida com tanta história fala por si, de muita intensidade, a ideia era buscar o segundo gol", falando sobre uma jogada de Carlos Maldonado durante a partida contra o rival Caracas.

"É uma série de 180 minutos, em casa temos de controlar as emoções", falando sobre jogar a partida de maneira calma e cordial.

"Agradeço as pessoas por estarem nos acompanhado, temos de agradecer a DEUS por sermos um instrumento para levar alegrias a nossos torcedores e nossas famílias", se mostrando muito satisfeito com o momento vivido na sua carreira profissional.

Pumas quer continuar brigando em duas frentes

O time do México quer seguir firme na disputa em duas competições, enquanto venceu o Tijuana por 3 a 1 no fim de semana e chegou aos 21 pontos e está em oitavo, último lugar que garante participação nos playoffs da segunda fase do torneio local.

Agora irá concentrar esforços no campeonato continenal, onde na primeira fase (ao lado do River Plate) teve o melhor ataque da competição até agora com 17 gols marcados e conta com a força desse setor do campo para seguir com sua consistente campanha.

Antes do duelo o técnico Guillermo Vázquez falou sobre o acúmulo de jogos e de como lidar com o calendário congestionado.

"Seguimos jogo a jogo. Dessa forma temos lidado. Assim nós temos gerenciado. Temos um elenco amplo, todos os nossos jogadores tem jogado em todos os lados. Temos confiança em todos", falou sobre um possível revezamento ou poupar atletas em algum período.

"Nós trataremos de fazer nossa história. A Copa Libertadores é um torneio importante. A ideia é fazer bons torneios. Na liga que sabemos que é importante, queremos chegar a Liguilla e aí continuar avançando", completou.

VAVEL Logo