Como Real Madrid se comportará sem Gareth Bale e Toni Kroos?
Como Real Madrid se comportará sem Gareth Bale e Toni Kroos?

O Real Madrid tem dois desfalques importantíssimos pro clássico deste sábado (3) contra o Barcelona. Toni Kroos e Gareth Bale se lesionaram recentemente e Zinedine Zidane terá que quebrar a cabeça para suprir a falta de duas peças fundamentais no esquema do clube merengue que já não sabe o que é derrota há 32 jogos.

O alemão que vinha em ótima fase, teve fratura no quinto metatarso do pé direito. Por sorte, Casemiro deve estar a disposição de Zidane para um dos jogos mais importantes da temporada. O volante brasileiro deve ser o substituto de Kroos, que vinha formando dupla com Modric durante a ausência do brasileiro.

A outra opção é a manutenção de Kovacic, que agradou muito nesse período e vem sendo muito elogiado pela imprensa espanhola. E uma opção mais arriscada e menos provável, é a entrada de James Rodríguez que ocuparia o meio campo com Luka Modric e Casemiro. Esta última, improvável devido ao poderio ofensivo do time catalão que deve contar com a volta de Andrés Iniesta.

A lesão de Toni Kroos faz com que o Real Madrid perca seu principal passador e peça vital num duelo com o meio campo do Barcelona pelo poderio da posse de bola. Em contrapartida, com Casemiro ou Kovacic, o Real ganha em combatividade no centro do campo, já que o alemão não tem como principal característica a marcação.

E se já não fosse o suficiente perder o arco do time, a flecha também não poderá duelar nesse combate. Gareth Bale deve ficar quatro meses fora dos gramados por conta de uma luxação traumática dos tendões de seu tornozelo direito. No lugar do galês, Lucas Vazquez é o favorito para assumir a posição, já que a prata da casa vem aproveitando bem os seus minutos com gols e assistências importantes.

A outra opção é de Isco, formando um 4-4-2 com Cristiano Ronaldo e Benzema no comando de ataque. James, novamente é o menos cotado pra assumir a posição de Bale, por conta dos poucos minutos que vem recebendo e suas atuações apáticas que não vem agradando Zinedine Zidane.

Sem Gareth Bale, o Real Madrid perde seu jogador mais veloz e que seria extremamente importante nas puxadas de contra ataque, já que o Barcelona costuma sofrer por jogar de forma exposta, dando liberdade pra velocidade do galês. Por outro lado, pode ganhar taticamente com a obediência de Lucas Va\quez, que não tem a mesma velocidade do astro britânico, mas recompõe e pode ajudar mais defensivamente.

Opções não faltam para que Zidane tenha um time competitivo na tarde deste sábado contra o Barcelona, mas Toni Kroos e Gareth Bale farão muita falta pra uma equipe que vai precisar ter acerto de passes quando estiver com a bola e ser rápida para surpreender o Barcelona. Sem os dois, essa tarefa fica um pouco mais complicada. Chance pra quem entra e que poderá ficar um bom tempo ocupando as duas vagas que estarão a disposição por no mínimo dois meses.

VAVEL Logo