Rakitic e Modric: croatas podem roubar a cena no El Clásico

Os holofotes do clássico mais baladado do planeta nesse sábado (3), estarão com toda certeza no trio MSN e em Cristiano Ronaldo. Depois da divulgação da FIFA que o português estará na final da premiação da bola de ouro, assim como Messi, com toda certeza apimentará essa rivalidade individual.

Porém como todo grande time não é feito de apenas um grande jogador, ambos terão jogadores que poderam roubar a cena e decidir a partida. Um deles é o meia do Barcelona, Ivan Rakitic. O meia croata é peça primordial do time de Luis Henrique que foi campeão europeu na temporada passada.

Já pelo lado merengue o seu compatriota Luka Modric é o cérebro do time de Zidane, e tem tudo para fazer uma grande partida.

Luka Modric: O motor merengue

O croata de 31 anos de idade chegou ao Real Madrid em 2012, e foi peça fundamental nos títulos da UEFA Champions League de 2014 e 2016. Com sua movimentação rápida, passes precisos e marcação intensa, Modric desarma qualquer marcação adversária.

Gabi, do Atlético de Madrid, deu uma declaração no mês anterior considerando o meia como o melhor jogador merengue.

"O Real está fazendo um grande esforço para recuperar seus melhores jogadores e isso fala muito sobre o que estamos fazendo e como eles nos veem. Com Modric, eles recuperam o seu melhor jogador. É ele quem faz o time jogar e quem dá equilíbrio”, disse o colchonero.

Modric ainda deverá ter a companhia de Casemiro em campo no Él Clásico. O brasileiro desde que voltou ao Real, conseguiu se encaixar na equipe e é peça essencial na marcação da equipe, ajudando a liberar o croata para o ataque.

Ivan Rakitic: a engrenagem do clube catalão

Se pelo lado do Real, Modric é o motor da equipe, já pelo lado do Barcelona a peça fundamental que dá intensidade e controle de jogo ao time é Ivan Rakitic. O croata de 28 anos, desde que chegou ao clube em 2014, caiu como uma luva na equipe de Luis Henrique.

Com sua intensidade em campo, articulação e movimentação, o croata se tornou peça fundamental para desafogar o trio MSN, e ainda ser um elemento surpresa eficaz no ataque.

Logo em sua chegada no Camp Nou, Rakitic venceu a UEFA Champions League pelo clube, e de quebra foi uma das peças importantes da equipe, chegando a fazer gol na final contra a Juventus.

Uma pequena polêmica cerca o croata diante do Real Madrid: Em 2014, assim que saiu do Sevilla, o meia recebeu uma proposta do clube merengue, mas optou por defender as cores do Barcelona.

VAVEL Logo