Montella celebra 'vitória sofrida' do Milan e exalta Lapadula: "Está vivendo um conto de fadas"
Com Bacca em má fase, Lapadula vai cavando seu espaço no time titular do Milan (Foto: Marco Bertorello/AFP)

Ele está vivendo um conto de fadas”. Assim o treinador do Milan, Vincenzo Montella, analisou a boa fase do atacante Gianluca Lapadula. Neste domingo (4), o ítalo-peruano garantiu a vitória do Diavolo por 2 a 1 sobre o Crotone, no San Siro, com um gol aos 41 minutos do segundo tempo. Questionado após o jogo sobre o desempenho do jogador, que marcou quatro vezes nas últimas quatro rodadas da Serie A, Montella não poupou elogios.

Ele está vivendo um conto de fadas. Suas perspectivas e status mudaram durante o mês passado. Tudo ele ganhou com suor durante a sua carreira. Espero que essa vontade competitiva nunca saia dele”, exaltou o técnico, em entrevista à emissora Sky Sports Italia. “Até dois meses atrás, Lapadula não tinha feito sequer sua estreia na Serie A. Agora, está provando que merece essa camisa, com ou sem Bacca”, acrescentou.

A ascensão de Lapadula coincidiu com o mau momento de Carlos Bacca. Embora seja o artilheiro do Milan na liga, com seis gols, o colombiano não marca há seis jogos e, para piorar, sofreu uma lesão muscular no dérbi contra a Internazionale, na 13ª rodada, que o tirou dos últimos dois confrontos do Diavolo.

Lapadula, por outro lado, está agarrando as chances: foi às redes contra Palermo, Empoli (duas vezes) e Crotone (primeiro gol dele no San Siro). O camisa 9 também vem sendo convocado por Giampiero Ventura para servir à Seleção Italiana.

Novo 'xodó' da torcida do Milan, Lapadula avisa: "Nunca me considerei um reserva"

Saindo do assunto Lapadula, Montella avaliou o desempenho de sua equipe no triunfo suado ante o lanterna da Serie A. “Foi uma partida difícil, como havíamos previsto. O Crotone é uma equipe que sabe como se sacrificar. O primeiro tempo me agradou mais que o segundo. Nós estivemos mais nervosos no primeiro tempo, mas criamos várias chances e acho que, ao final do jogo, foi uma vitória merecida. Eu elogio o Crotone, mas, sobretudo, o Milan, porque essa foi uma vitória sofrida”, analisou.

Agora, o Milan volta a campo na próxima segunda-feira (12), quando visita a Roma, na capital, às 18h (de Brasília), valendo pela 16ª rodada do campeonato. O jogo coloca frente a frente o segundo e terceiro colocado da liga – ambos têm 32 pontos, mas os romanos estão na frente devido aos critérios de desempate.

VAVEL Logo