Derrotado no Derby, Senad Lulic ataca Rüdiger: "Se acha um fenômeno"
Foto: Divulgação/Lazio

O bósnio Senad Lulic foi um dos jogadores mais incomodados no Derby Di Roma disputado neste domingo (4), na Cidade Eterna. Atuando na lateral-esquerda, já que o romeno Stefan Radu foi zagueiro, o atleta da Lazio se envolveu em quase todas as discussões existentes na partida e não poupou formas de atacar o psicológico da Roma, nem mesmo após a derrota por 2 a 0. Uma declaração do jogador, porém, chama mais a atenção que todo o resto e causou polêmica depois do jogo.

Questionado sobre o zagueiro alemão Antonio Rüdiger, Lulic, ídolo da Lazio e autor do gol que deu o título da Copa Itália 2012/13 ao clube, justamente a última vitória biancoceleste no clássico, foi breve: "Ele já falava muito antes da partida, há pouco tempo vendia meias e cintos nas ruas de Stuttgart e agora se sente um fenômeno. Mas não é culpa sua, é de quem está ao seu redor", falou Senad. "Nós pensamos no nosso trabalho, somos um elenco jovem que deve crescer, sobretudo evitando erros como os de hoje".

Perguntado na sequência se a polêmica declaração se deveu ao fato de Rüdiger ser negro, Lulic negou: "Não vejo isso como rascimo, os italianos também vendem meias. Estou triste pelos torcedores, mas também por mim. Jogos como o Derby são bons de vencer", afimrou. "Cometemos dois erros que não podemos, nos fez perder a partida. Mas os erros acontecem e só assim nós vamos crescer. Hoje foi uma partida típica de 0 a 0, ninguém merecia ganhar", continuou Lulic.

VAVEL Logo