Leverkusen é mais eficiente e derrota o Monaco pela Champions League
(Foto: Divulgação/Uefa)

Na Bay Arena, o Bayer Leverkusen recebeu o Monaco no encerramento da 6ª rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2016/17, pelo Grupo E, nesta quarta-feira (7). As duas equipes já estavam classificadas e só jogaram para cumprir tabela. Os leões entraram em campo buscando terminar a fase com vitória diante de seu torcedor e enfrentaram um adversário que vive bom momento em seu campeonato.

Os mandantes levaram a melhor e venceram por 3 a 0, gols de Yurchenko, Brandt e De Sanctis contra. O resultado manteve o clube alemão na segunda colocação com 10 pontos. Já o time do principado terminou em primeiro com 11. O sorteio das oitavas de final será realizado na próxima segunda-feira (12), em Nyon, na Suíça.

A próxima partida do Bayer Leverkusen é contra o Schalke 04, no próximo domingo (11), pela Bundesliga. Enquanto isso, o Monaco enfrenta o Bordeaux no Stade Matmut-Atlantique no próximo sábado (10) pela Ligue 1.

O time alemão teve boa chance de abrir o marcador logo aos 8 minutos com Chicharito Hernández, quando o mexicano recebeu e mandou de canhota, obrigando De Sanctis a fazer linda defesa. Em seguida, foi à vez de Stefan Kiessling fazer linda jogada dentro da área, mas Diallo afastou o perigo. Hernández ainda teve outra oportunidade parada novamente pelo goleiro do Mônaco.

Só que, aos 30 minutos, o Leverkusen conseguiu seu gol em um lindo arremate de fora da área de Yurchenko, quando o jogador ucraniano recebeu de Wendell e mandou do meio da rua, sem chances para De Sanctis.

Ainda na etapa inicial, os mandantes tiveram outra chance de gol aos 34 minutos. Em cobrança de escanteio batido por Brandt na área, Kiessling desviou de cabeça para Dragovic mandar em cima do goleiro De Sanctis, que outra vez apareceu e fez defesa de joelhos.

Na etapa final, os leões aumentaram a vantagem aos 3 minutos em uma saída errada do time visitante. Baumgartlinger recebeu e serviu Brandt, que tocou para Çalhanoglu devolver e o camisa 19 mandou para a rede, deixando sua marca na partida.

O time do principado quase descontou aos 11 minutos, quando João Moutinho tocou para Jean e o atacante arriscou de canhota, mandando no pé da trave de Özcan e por pouco não balançou a rede.

Aos 37 minutos, os mandantes ganharam um pênalti quando Diallo derrubou Robbie Kruse dentro da área. Na cobrança, o brasileiro Wendell mandou no travessão, mas a bola bateu em De Sanctis e entrou, decretando a vitória ao time aspirina.

VAVEL Logo