Sempre ele! Sergio Ramos decide mais uma vez no fim, Real Madrid bate Deportivo e segue invicto

A história se repete! Neste sábado (10), Real Madrid Deportivo La Coruña fizeram um jogo espetacular pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol 2016/17. Os merengues saíram na frente com Morata, porém os visitantes viraram com dois de Joselu, ex-jogador blanco. Só que no final do jogo, Mariano empatou a partida, o que levou a uma pressão incrível merengue. E na última chance do jogo, aos 47', Sergio Ramos, sempre ele, marcou de cabeça e garantiu a vitória merengue na última partida da equipe antes do Mundial de Clubes. Além disso, a equipe permanece invicta na temporada.

Com este resultado sensacional, o Real Madrid segue com seis pontos na frente do rival Barcelona, com 37 a 31. O Deportivo permanece na 16ª colocação com 13, podendo ser ultrapassado pelo Sporting Gijón, caso a equipe vença o Espanyol neste domingo (11).

Agora o Real Madrid dá uma pausa no Campeonato Espanhol e foca no Mundial de Clubes, onde viaja já nesse final de semana, esperando o vencedor do duelo entre Jeonbuk-COR América-MEX. Os merengues entram em campo na próxima quinta-feira (15), às 8h30 (horário de Brasília). O Depor, por outro lado, retorna aos gramados só no domingo (18), quando recebe o Osasuna.

Equilíbrio e boas chances para os dois lados

O início de jogo foi bastante lento e de muito estudo no Santiago Bernabéu. O Real Madrid, com um time praticamente reserva, tinha muita dificuldade para furar o ótimo bloqueio formado pelos comandados de Gaizka Garitano. Por outro lado, o Deportivo ia fazendo seu jogo, defendendo bem e tentando um golzinho nos contra-ataques.

A primeira boa chance da partida saiu apenas aos 25', quando Sergio Ramos cobrou falta da entrada da área e a bola passou raspando a trave de Tyton. Quatro minutos depois, mais uma óitima chance merengue, quando Morata passou de joelho para James Rodriguez, que invadiu a área pela direita, tentou ajeitar o corpo para finalizar de canhota e foi pressionado, chutando em cima de Tyton, que fez boa defesa.

Mas a melhor chance da primeira etapa foram dos visitantes. Aos 34', após cobrança de falta de Emre Çolak, Celso Borges subiu muito bem e cabeceou no pé da trave de Keylor Navas. Na sobra, Guilherme, totalmente livre e com o gol aberto, perdeu o tempo da bola e não alcançou a bola, no último lance de perigo da primeira etapa, que terminou na igualdade.

Foto: Denis Doyle
Foto: Denis Doyle/Getty Images

Segundo tempo alucinante e com Sergio Ramos decidindo mais uma vez

Se o Real Madrid não chegou à frente como gostaria na primeira etapa, na segunda a história foi diferente logo cedo. Aos 5', James Rodriguez recuperou a bola no campo de ataque, na esquerda, a bola chegou em Isco, que dominou e passou no meio para Morata, que recebeu de costas e girou finalizando bonito, com força, no canto de Tyton, marcando um golaço e tirando a pressão das costas merengues: 1 a 0 Real Madrid.

Porém, o Real Madrid simplesmente dormiu por exatos três minutos. Aos 18', Casemiro, podendo recuar com Navas, tentou sair driblando na entrada da sua área, mas acabou sendo desarmado por Andone e a bola ficou com Carles Gil, que acionou Joselu e o atacante, ex-Real Madrid, finalizou de canhota, com força, bonito, marcando um belo gol e deixando tudo igual: 1 a 1.

Dois minutos depois, o Deportivo surpreendeu a torcida merengue mais uma vez, quando Andone foi acionado pela direita, ganhou de Pepe na corrida e cruzou. Joselu ganhou da marcação de Sergio Ramos e finalizou por debaixo das pernas de Keylor Navas, que ainda tocou na bola, que foi morrendo devagar dentro das redes: 2 a 1 Deportivo.

Depois disso foi só pressão merengue, que foi com tudo em busca do gol, o que conseguiu aos 39', quando Lucas Vázquez recebeu na direita, cruzou, o jovem Mariano desviou meio que de ombro e a bola encobriu o goleiro Tytón, deixando tudo igual em um segundo alucinante no Santiago Bernabéu: 2 a 2.

Porém, no final do jogo, a incrível virada merengue veio e com o jogador que mais sabe decidir jogos nos momentos finais: Sergio Ramos. Aos 47', Toni Kroos bateu escanteio da esquerda e o zagueiro merengue subiu com a perfeição de sempre, cabeceando com força e preciso, virando o jogo e garantindo os três pontos merengues: 3 a 2 Real Madrid.

Quer gol decisivo? Chama o Sergio Ramos (Foto: Getty Images)
Quer gol decisivo? Chama o Sergio Ramos (Foto: Getty Images)
VAVEL Logo