Melhor mandante x melhor visitante: Roma e Milan medem forças pela vice-liderança

Melhor mandante versus melhor visitante da Serie A: Roma e Milan medem forças nesta segunda-feira (12), às 18h (de Brasília), pelo encerramento da 16ª rodada. Em ótimo momento, os times prometem duelo equilibrado no Estádio Olímpico de Roma, e o vencedor irá assegurar a vice-liderança do campeonato.

A Roma soma os mesmos 32 pontos do Milan, mas está na frente por ter marcado mais gols – 35 dos giallorossi contra 27 dos rossoneri. O time romano conquistou sete vitórias em sete jogos em casa, enquanto a equipe de Milão, melhor visitante da liga, tem quatro vitórias, um empate e duas derrotas atuando longe do San Siro.

Na última rodada da Serie A, a Roma levou a melhor no Derby della Capitale contra a Lazio, no Olímpico, e ganhou por 2 a 0. Já o Milan fez o dever de casa e venceu o Crotone, no San Siro, por 2 a 1.

O histórico do clássico entre Roma e Milan, jogado no Estádio Olímpico, mostra amplo favoritismo aos donos da casa. Nas últimas 12 partidas na Cidade Eterna, o time de Milão venceu apenas uma vez, em outubro de 2011, por 3 a 2. Já a Roma ganhou cinco vezes, enquanto outra seis partidas terminaram empatadas. Os últimos dois jogos no Olímpico entre giallorossi e rossoneri acabaram sem vencedor.

Spalletti com problemas para armar a Roma

Para enfrentar o Milan, o técnico da Roma, Luciano Spalletti, seguirá sem contar com três jogadores considerados titulares da equipe. Por causa de lesão, o lateral/meia Alessandro Florenzi, o meio-campista Leandro Paredes e o atacante Mohamed Salah desfalcam os giallorossi nesta segunda-feira.

Florenzi rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e volta aos gramados somente em 2017, enquanto Paredes está tratando de uma lesão no tornozelo esquerdo. Por sua vez, Salah sofreu uma contusão nos ligamentos exteriores do tornozelo direito e, assim como Florenzi, só retorna à ativa no ano que vem.

O lateral-direito Bruno Peres, titular nos últimos jogos, deve ficar no banco diante do Milan. Ele sofreu uma pancada na coxa esquerda no jogo contra o Astra Giurgiu, fora de casa, na última quinta-feira (8), pela Uefa Europa League. Com isso, Spalletti deve improvisar o zagueiro Rüdiger na lateral direita.

Bruno Peres não deve enfrentar como titular diante do Milan (Foto: Silvia Lore/NurPhoto via Getty Images)
Bruno Peres parece não estar 100% para enfrentar o Milan (Foto: Silvia Lore/NurPhoto via Getty Images)

Maior ídolo do clube romano, o meia-atacante Francesco Totti não foi convocado para o duelo devido a uma febre. Mas, por outro lado, a Roma conseguiu reverter, na última sexta-feira (9), a suspensão que o meio-campista Kevin Strootman recebeu da Lega Serie A, e o holandês está confirmado no time titular contra o Milan. O atleta havia pegado gancho de dois jogos por uma confusão no dérbi contra a Lazio.

A Roma deve ir a campo nesta segunda-feira com: Szczesny no gol; Rüdiger, Manolas, Fazio e Emerson Palmieri na defesa; De Rossi e Strootman na “volância”; Perotti, Nainggolan e El Shaarawy na linha de três meias; e Dzeko – artilheiro da Serie A, com 12 gols – no comando de ataque. Esquema tático: 4-2-3-1.

Em entrevista coletiva nesse domingo (11), Spalletti ressaltou a importância de vencer o Milan. “O triunfo é fundamental para a nossa meta, a nossa identidade e quais são os nossos objetivos. Ganhar o jogo contra o Milan é o nosso objetivo. Falar sobre metas futuras é irrelevante”, pontuou.

Milan sem peças fundamentais no meio-campo

Assim como a Roma, o Milan também sofre com ausência de jogadores essenciais para a engrenagem do time. Por acumulo de cartões amarelos, o meio-campista Kucka é desfalque certo diante da Roma, tal como o meia Bonaventura e o atacante Bacca.

Bonaventura e Bacca estavam se recuperando de lesões musculares e chegaram a treinar separadamente no sábado (10), mas o treinador do Milan, Vincenzo Montella, optou por não convocar a dupla. “Eu sinto muito por Jack [apelido de Bonaventura] e Bacca. Decidimos em conjunto a não correr o risco. Eles são bons, mas seria perigoso incluí-los”, explicou o técnico, em entrevista coletiva nesse domingo (11).

Bonaventura e Bacca não foram convocados para o jogo contra a Roma (Foto: Andrea Spinelli/Corbis via Getty Images)
Bonaventura e Bacca não foram convocados por Montella (Foto: Andrea Spinelli/Corbis via Getty Images)

Além de Kucka, Bonaventura e Bacca, o lateral-direito Calabria (torção no tornozelo esquerdo) e o meio-campista Riccardo Montolivo (rompimento do ligamento cruzado do joelho esquerdo) também não estarão à disposição de Montella.

Mesmo contestado nos últimos jogos, De Sciglio deve seguir titular da lateral esquerda rossonera, com Antonelli, que está 100% depois de recuperar de lesão, à sua sombra no banco de reserva. Pasalic irá substituir Kucka, enquanto Bertolacci ganhou a disputa com Sosa pela vaga de Bonaventura na trinca de meio-campistas. No ataque, Niang deve ficar no banco para dar lugar ao criticado Honda.

O Milan, assim, deve ir a campo com: Donnarumma embaixo das traves; Abate, Paletta, Romagnoli e De Sciglio compondo a linha defensiva; Pasalic, Locatelli e Bertolacci formando a trinca de meio-campistas; e Suso, Lapadula e Honda (Niang) encarregados de infernizar a defesa da Roma. Sistema tático: 4-3-3.

VAVEL Logo