Kalinic marca dois no primeiro tempo, Fiorentina vence Sassuolo e encosta na zona de UEL

Após mais de um ano, a Fiorentina voltou a vencer três partidas seguidas. Depois de bater Palermo e Qarabag, pela UEl, a Viola superou o Sassuolo por 2 a 1, no Artemio Franchi, e subiu na tabela da Serie A. Kalinic marcou os dois gols dos mandantes e o zagueiro Acerbi descontou para o Sasol.

Com um jogo a menos, a Viola ocupa agora o 7º lugar, com 26 pontos. A Fiorentina volta a campo na próxima quinta-feira (15), quando cumpre seu jogo atrasado da 3ª rodada contra o Genoa, às 17h, no Luigi Ferraris. Já o Sassuolo, 15º colocado, com 17 pontos, recebe a Internazionale no domingo (18), às 9h30. Jogos no horário de Brasília.

Kalinic marca dois golaços e decide primeiro tempo equilibrado

Sem Borja Valero, poupado, a Fiorentina teve Badelj-Vecino como dupla de meio campo e Chiesa escolhido no lugar de Tello como winger pela direita. Sem tanto controle, a Viola cedeu várias jogadas de velocidade para o Sassuolo, que inclusive finalizou mais no primeiro tempo - 11 a seis, apesar da superioridade viola na posse de bola: 55%.

O Sassuolo teve um início promissor, abalado aos 10. Ilicic cobrou falta frontal e acertou a barreira. No rebote, Badelj deu um balão para a área e Kalinic saiu de trás da defesa da Sassuolo, aparecendo absolutamente livre e tocando por cima do goleiro para abrir o placar em Florença.

Apesar de sair atrás, os visitantes continuaram chegando perigosamente. Aos 12, em bola dividida na intermediária, Gonzalo chutou em cima de Ragusa e a bola sobrou para Defrel, que da entrada da área bateu colocado, com perigo à esquerda do gol. Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio para a área, Tatarusanu saiu mal e a bola sobrou para Ragusa, que cruzou para Acerbi finalizar, mas o goleiro da Viola se recuperou e fez grande defesa para evitar o empate.

A pressão na saída de bola do Sassuolo foi uma arma importante na primeira etapa, principalmente com ações de Sensi e Ragusa. Aos 28, na saída errada de Salcedo, Sensi roubou, Defrel abriu para Ragusa, que devolveu para Sensi, que apareceu pela esquerda e bateu cruzado, mas mandou à esquerda.

A Fiorentina só voltou a assustar aos 35, com Chiesa, que ficou com a sobra na entrada da área e ajeitou para Ilicic, que limpou a defesa e bateu cruzado, à direita do gol. O jovem camisa 25, de 18 anos, foi o mais ativo dos meias na criação de jogadas, já que Ilicic e Bernardeschi estiveram pouco participativos. Aos 39, Chiesa avançou pela direita e cruzou rasteiro na entrada da área para Kalinic, que, mesmo apertado pela defesa, tocou de calcanhar e a bola ainda tocou na trave antes de ultrapassar a linha, ampliando a vantagem da Fiorentina para 2 a 0.

Poucos minutos depois, Ricci ficou com rebote de chute de Cannavaro dentro da área, tirou da defesa e ficou de frente para o gol, mas Tatarusanu saiu bem e fez grande defesa para evitar o primeiro dos visitantes. Assim, apesar dos números mostrarem uma partida muito equilibrada, a Fiorentina foi para os vestiários com dois gols de vantagem.

Sassuolo desconta, mas Viola segura vantagem

O segundo tempo teve um ritmo bem mais lento. A Fiorentina tentou administrar sua vantagem e deu ao Sassuolo o domínio do jogo e, apesar de rondar a área rival por muito tempo, o time visitante assustava pouco.

A primeira chance mais clara da segunda etapa foi da Viola. Aos 27, em recuo errado do ataque do Sassuolo, Tello arrancou livre para dentro da área e tentou colocar no canto, mas errou o alvo, mandando à esquerda. O castigo veio rápido. Três minutos depois, após escanteio colocado na área, Tatarusanu saiu mal, mas no rebote, salvou grande chute de Pellegrini. Em nova sobra, Acerbi apareceu livre no meio da área e bateu de canhota para descontar.

O gol neroverdi pareceu acordar a Fiorentina, que voltou a criar oportunidades. Aos 37, Tello recebeu de Bernardeschi na esquerda, passou por Lirola e bateu cruzado, mas Consigli desviou para escanteio. Pouco tempo depois,- Chiesa fez jogada individual pela direita, driblou Peluso e bateu forte, mas, bem colocado, o goleiro do Sasol mandou para escanteio.

Aos 44, Kalinic recebeu de Chiesa em contra-ataque e soltou para Salcedo, que avançou livre, mas na cara do gol o zagueiro finalizou mal e Consigli espalmou. Dois minutos depois, o artilheiro do jogo apareceu outra vez. O croata recebeu de Vecino, brigou com Lirola na linha de fundo e arrancou para dentro da área, mas foi individualista e finalizou sem ângulo, parando em Consigli.

Após ter descontado o placar, o Sassuolo não conseguiu mais grandes chances. A única veio já nos acréscimos. Ricci ficou com o rebote do corte de Astori, encobriu Sánchez com um domínio de peito e bateu de primeira, mas, no meio do gol, Tatarusanu segurou sem problemas. Assim, apesar de um susto no segundo tempo, a Viola garantiu mais três pontos na sua busca pelas posições mais altas do Italiano.

VAVEL Logo