Montella mantém pés no chão após revés para a Roma e diz que objetivo do Milan é UEL

Depois da derrota do Milan para a Roma nesta segunda-feira (12), o treinador rossonero Vincenzo Montella não escondeu a sua decepção pelo resultado em entrevista ao Mediaset Premium, mas também afirmou que a sua equipe não merecia perder. Segundo o técnico, o Diavolo está no caminho certo para alcançar os seus objetivos.  

"O Milan fez uma grande partida, sobretudo no primeiro tempo. Nos primeiros 20 minutos, estávamos um pouco receosos, mas, depois disso, fizemos bem e poderíamos ter aberto o marcador. Nós combatemos com a Roma e julgo injusta a nossa derrota. Estamos no caminho certo e os jogadores estavam desapontados porque acreditavam bastante. Devemos olhar para a próxima partida com confiança que com uma vitória, colocaríamos meio pé na Europa League", analisou o treinador de 42 anos. 

Posteriormente, Montella tratou de deixar claro qual é o objetivo real do Milan, avaliando a próxima partida da equipe, diante da Atalanta, em casa, como muito importante para o futuro. "O objetivo primário é a Europa League. A próxima partida será de extrema importância quanto a isso. O nosso time é muito jovem e falta um pouco de maturidade. A estrada é longa, mas estamos indo pelo caminho correto", salientou. 

Por fim, Montella lamentou o novo pênalti perdido pelo atacante M'baye Niang – ele já havia desperdiçado uma penalidade na última rodada, contra o Crotone –, mas afirmando que o francês era o primeiro batedor. O comandante também comentou a respeito dos desfalques no meio de campo, mas preferiu elogiar as atuações de dois jovens atletas.

"Antes da partida, falando para o elenco, deixei claro que se caso tivesse um pênalti, o batedor seria Niang porque ele bate bem. Fico triste pelo jogador, mas acontece. Desfalques? Pasalic fez uma grande partida, assim como Locatelli, mas Kucka tem características únicas no elenco", encerrou.

VAVEL Logo