Na penúltima posição, torcida do Pescara protesta contra equipe e termina em confronto com a polícia
Foto: Divulgação/Pescara

Nesta segunda-feira (12), na região do Porto Turístico, em Pescara, o que era para ser uma comemoração de natal entre os jogadores dos Delfini, se tornou um verdadeiro caos. Tudo por que os torcedores do clube, insatisfeitos com a campanha ruim da equipe na Serie A, resolveram fazer um protesto em frente ao local onde os atletas do Pescara estavam jantando. Apesar de nenhum jogador ter se ferido com as bombas e rojões lançados, os torcedores danificaram os carros de alguns jogadores, precisando da intervenção da polícia.

O Pescara conseguiu subir de volta para a Serie A temporada passada, ao derrotar o Trapani nos play-offs da Serie B. Contudo, a equipe comandada por Massimo Oddo não engrenou na competição e ocupa a penúltima posição, com apenas oito pontos, tendo cinco empates e somente uma vitória. A gota d'água aos torcedores veio na última rodada, neste sábado (10), quando os Delfini perderam fora de casa para o até então lanterna Crotone, por 2 a 1. 

A torcida organizada do Pescara chegou ao local da confraternização dos jogadores Biancoazzurri na parte da noite, eles se aglomeraram no lado de fora e estenderam diversas faixas, além de terem gritado bastante, quebrado vários carros dos atletas e soltado rojões e bombas. Uma das partes que marcaram o protesto, foi dos torcedores pedindo para que o treinador Massimo Oddo deixasse o jantar e juntasse ao protesto.

"Não há nada a comemorar com esta equipe...Fique conosco Oddo e boicote o jantar", dizia uma das canções do protesto. Quando a situação ficou fora de controle, precisou da intervenção da polícia, começando um pequeno confronto entre os ultras e autoridades, tendo os policiais dentro de alguns instantes colocado tudo sobre controle.

A equipe do Pescara voltará a campo no próximo domingo (18), onde enfrentará no estádio Adriático o Bologna, válido pela 17ª rodada da Serie A.

VAVEL Logo