Destaque dos Estados Unidos, Alex Morgan assina contrato de empréstimo com Lyon

O Lyon anunciou nesta terça-feira (20) a contratação de Alex Morgan, da Seleção dos Estados Unidos. Com 27 anos, a atacante vai se juntar a poderosa equipe de futebol feminino dos Gones, que na temporada passada venceu a tríplice coroa. O contrato de empréstimo junto ao Orlando Pride será de seis meses, com opção para a renovação por mais uma temporada.

Uma palavra resume a última temporada do Lyon: domínio. A equipe venceu a primeira divisão francesa de maneira invicta, ganhou o terceiro título da Champions League e ainda levantou a taça da Copa da França, pela quinta vez seguida. O interesse do clube era antigo, o presidente Jean-Michel Aulas sempre demonstrou em suas redes sociais o desejo de ter Alex Morgan com a camisa do OL.

Campeã da NWSL com o Portland Thorns, medalhista de ouro dos Jogos Olímpicos em 2012 e campeã mundial em 2015, Morgan faz uma grande mudança em sua carreira, que foi toda baseada dentro do futebol estadunidense. Em seu perfil no The Players Tribune, a atacante explicou como se deu essa decisão:

Não foi uma decisão fácil para mim. Mas depois de algumas semanas de negociações, eu finalmente tomei essa decisão durante uma lua de mel tardia que recentemente tive com meu marido, Servando, na Europa. Eu vou deixar ele e nosso cachorro nos EUA. Sei também que a Seleção Feminina está buscando um novo acordo trabalhista e que será mais difícil para mim para ajudar a conduzir isso do estrangeiro. Todas essas coisas tornaram a decisão muito mais difícil”, disse.

Morgan também falou dos motivos em aceitar ir para a Europa: “O Lyon é uma equipe mundialmente conhecida, com um elenco que inclui muitas jogadoras de todo o mundo. Ganharam todos os títulos possíveis na temporada passada. Eles estão comprometidos com o futebol feminino. Com instalações de primeira classe e instalações de primeira classe.

Entretanto, a passagem dela pelo futebol francês poderá ser curto. Alex revelou também que voltará para Orlando ao final do vinculo de seis meses: “Eu já jogarei a partir do próximo mês e vou voltar para o Pride após meu contrato com o Lyon, em junho. Além disso, eu pretendo estar disponível para todos os jogos da Seleção.

Minha motivação é muito simples. Espero que esta mudança me ajude a empurrar o meu jogo a outro nível. Espero que o treinamento com estas atletas incríveis cada dia, me ajude a aprender um estilo único de jogo, é exatamente o que eu preciso, e que ele eu encontre uma próxima engrenagem. Será importante conviver em uma cultura de futebol que eu acredito que é precisamente o que eu preciso neste momento da minha carreira. Ele sempre foi um sonho meu viver de futebol e competir na Liga dos Campeões”, finalizou Alex Morgan em seu texto no The Players Tribune.

A estreia de Alex Morgan pelo Lyon será dia 8 de janeiro, pela Copa da França, contra o Ambilly, fora de casa. No Campeonato Francês, o time perdeu para o PSG no último jogo do ano e caiu para a segunda colocação na tabela. O time da capital tem 30 pontos, enquanto que o Lyon possui 27. Até então, a última derrota do OL foi em 18 de agosto de 2015 para o Bayern. No início deste ano o clube inaugurou um novo estádio, para 60 mil pessoas, o local será palco da final da Copa do Mundo Feminina em 2019.

VAVEL Logo