Com sondagens da Inter e sem espaço no Chelsea, Mikel deixa futuro em aberto

Em entrevista ao jornal inglês The Sun, o meio-campista Obi Mikel deixa cada vez mais claro que seu futuro não será no Chelsea. Aos 29 anos e a 11 temporadas nos Blues, o nigeriano entrou em atrito com o treinador Antonio Conte, pois o jogador se apresentou na seleção nigeriana para disputar os Jogos Olímpicos Rio 2016, ao invés de ficar na Inglaterra e fazer a pré-temporada no Chelsea. Enquanto isso, a Internazionale se manifestou estar interessada em Mikel, e vem monitorando a situação.

Essa atitude de Mikel deixou Antonio Conte furioso, que ainda não colocou o nigeriano em nenhuma partida nesta atual temporada. Sem espaço, o meio-campista tem seu vínculo até março de 2017, sendo um alvo de baixo custo aos Nerazzurri, que visa reforçar a parte defensiva do seu meio campo. Na entrevista, Mikel falou sobre seu futuro e defendeu sua decisão de jogar os Jogos Olímpicos.

"Eu nunca fui um cara que faz desculpas na vida e nunca fugi de responsabilidades. Sim, talvez as pessoas vão dizer que o novo gerente estava chateado de eu ter saído e ido para as Olimpíadas, pois eu não tive uma pré-temporada com a equipe do Chelsea", relembrou o atleta, que prosseguiu, deixando seu futuro em aberto: "Mas eu não quero usar essas desculpas. Eu tenho que continuar treinando duro e me certificar de que eu possa conseguir mudar a mente do gestor. Se não, então vamos ver o que acontece em janeiro", avaliou.

Mesmo não jogando nesta temporada, Mikel deixou claro que não se arrependeu da escolha que fez em defender seu país: "Não, eu nunca iria trocar a minha medalha olímpica para um lugar de volta na equipe Chelsea. Eu não tenho um único pesar em ir para as Olimpíadas. E eu não vou trocar a minha medalha para qualquer coisa", concluiu.

Líder da Premier League, o Chelsea volta a campo no dia segunda-feira (26), quando enfrentará o Bournemouth, no Stamford Bridge, válido pela 18ª rodada do Campeonato Inglês.

VAVEL Logo