Técnico da Inter, Pioli indica saída de Gabigol em janeiro: "Espero ter menos jogadores"
Gabigol entrou nos acréscimos contra o Sassuolo, na última rodada da Serie A (Foto: Claudio Villa/Internazionale)

Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, o técnico da Internazionale, Stefano Pioli, insinuou que alguns jogadores do setor ofensivo devem deixar o clube na reabertura da janela de transferências, em janeiro do ano que vem. Com isso, os atletas mais indicados a partirem de Milão são o brasileiro Gabriel Barbosa, o ‘Gabigol’, e o montenegrino Stevan Jovetic.

Espero ter menos jogadores, especialmente no ataque. Eu também valorizo, acima de tudo, as relações humanas. Sem a Europa League, o ideal é treinar um grupo de 23 a 24 atletas, no máximo”, afirmou o comandante. “Será um mercado de transição para todos. Eu acredito que janeiro você não pode mudar muito. Em junho, para os nossos propósitos, vamos nos preparar para investimentos importantes, de alto nível. Os torcedores da Inter podem ficar tranquilos”, acrescentou.

Gabigol entra nos acréscimos, Felipe Melo é expulso e Inter derrota Sassuolo fora de casa

Após jogar apenas 19 minutos – 16 contra o Bologna e 3 diante do Sassuolo – desde que chegou à Inter, Gabigol pode retornar ao Brasil em 2017. O site italiano Calciomercato.it noticiou, na semana passada, que o Atlético-MG fez uma sondagem ao clube italiano pelo atacante. Empresário do atleta, Wagner Ribeiro revelou que uma equipe carioca e uma equipe mineira o procuraram para um empréstimo do camisa 96. O agente, porém, escondeu o jogo e não falou os nomes dos times.

A Inter contratou Gabigol em agosto deste ano junto ao Santos pelo valor de € 29,5 milhões (cerca de R$ 106 milhões). Campeão olímpico com a Seleção Brasileira na Olimpíada Rio 2016, o atacante vem recebendo poucas chances e ser emprestado em janeiro. A ida do brasileiro para uma agremiação na Europa de menor investimento que a Inter está descartada.

Presidente do Santos abre as portas para Gabigol

O presidente do Santos, Modesto Roma, abriu as portas para um possível retorno de Gabigol à Vila Belmiro. “Se ele quiser voltar para o Santos, é a casa dele, será sempre muito bem-vindo”, declarou o mandatário, em entrevista ao Fox Sports. Modesto, no entanto, negou que tenha entrado em contato com Wagner Ribeiro, empresário do jogador, ou com a Inter para repatriar o jovem de 20 anos.

VAVEL Logo