L'Équipe lista as dez melhores contratações do futebol francês na janela de inverno
Foto: Divulgação/Olympique de Marseille

Após o encerramento da janela de transferências do futebol europeu, o tradicional jornal esportivo francês L'Équipe, realizou nesta quarta-feira (1º) o seu Top 10 das contratações mais importantes dos clubes franceses neste mercado de inverno. As chegadas de Dimitri Payet ao Olympique de Marseille, por 29 milhões de euros, foi considerada a principal delas, seguida por Julian Draxler ao Paris Saint-Germain e Memphis Depay no Lyon.

Os clubes franceses fizeram um ótimo mercado de transferências e reforçaram muito bem suas equipes, sendo inclusive um dos principais e mais chamativos do futebol europeu. Apesar do bilionário PSG ter feito apenas uma contratação com valores exorbitantes, que foi a do alemão Draxler, chegando ao Paris por 38 milhões de euros, quem decidiu mesmo chamar atenção nesta janela de transferências foi mesmo o Olympique de Marseille, que anunciou bons nomes para o restante da temporada, Sanson, Payet e Evra, sendo estes dois últimos muito conhecidos no futebol mundial.

Top 10 contratações do futebol francês nesta janela de inverno, segundo o L'Équipe

1 - Dimitri Payet - West Ham para o Olympique de Marseille - 29 milhões de euros

Payet durante sua primeira passagem no Olympique de Marseille | Foto: Getty Images

Após ter saído do Olympique de Marseille em 2015 e ido para o West Ham, por 15 milhões de euros, o meio-campista brilhou com a camisa dos Hammers em 2015 e 2016, mas o clima entre Dimitri Payet e o clube londrino esfriou, e o jogador francês forçou sua saída. Em contrapartida, o Marseille repatriou Payet por 29 milhões de euros, 14 milhões a mais do que sua venda dois anos antes. A grande missão do atleta de 29 anos em seu retorno a França, é realizar o bom futebol apresentando na Inglaterra e recolocar o Olympique de Marseille no mais alto escalão do futebol mundial.

2 - Julian Draxler - Schalke 04 para o Paris Saint-Germain - 38 milhões de euros

Draxler já estreou no PSG e marcou gol | Foto: Getty Images
Draxler já estreou no PSG e marcou gol | Foto: Getty Images

A grande aposta do Paris Saint-Germain nesta janela de transferências foi o meio-campista Julian Draxler, que estava no Schalke 04, e que foi campeão da Copa do Mundo de 2014 pela seleção alemã. O versátil jogador , que pode jogar tanto pelo lado direito quanto no esquerdo, chegou ao PSG por 38 milhões de euros. Cabe agora ver se Draxler irá manter o mesmo nível e eficiência demonstrada no futebol alemão. Quem sofreu com essa chegada foi Ángel Di Maria, sendo reserva do novo atleta. 

3 - Memphis Depay - Manchester United para o Lyon - 16 milhões de euros, mas que pode chegar aos 25 

Depay em sua chegada ao Lyon | Foto: Divulgação/Lyon
Foto: Divulgação/Lyon

As finanças do Lyon melhoraram após alguns acionistas chineses terem injetado dinheiro no clube que foi heptacampeão francês. Tanto que o clube comandado por Bruno Génésio aproveitou esse dinheiro em caixa e contratou por 16 milhões de euros o holandês Memphis Depay, que estava no Manchester United. Após ter sido considerado uma das maiores reveleções do futebol mundial, o jogador não despontou nos Red Devils e não teve mais clima para permanecer no futebol inglês. Os valores desta translação podem subir inclusive até os 25 milhões de euros.

4 - Jorge - Flamengo para o Monaco - 8,5 milhões de euros

Jorge chegou ao Monaco por 8,5 milhões de euros | Foto: Divulgação/Monaco
Foto: Divulgação/Monaco

Jorge chegou de repente ao Monaco, após ter sido um dos grandes destaques da equipe do Flamengo em 2016. Com apenas 20 anos, o jovem jogador assinou um contrato de quatro temporadas e meia com o clube monegasco, que teve de desembolsar cerca de 8,5 milhões de euros para contar com o lateral em seu elenco. Além do Monaco, Jorge foi cortejado por outras equipes europeias, entre eles o Manchester City, mas ele preferiu ir ao futebol francês.

5 - Morgan Sanson - Montpellier para o Olympique de Marseille - 12 milhões de euros

Sanson chega para ser titular no OM | Foto: Divulgação/Marseille
Sanson chega para ser titular no OM | Foto: Divulgação/Marseille

Morgan Sanson demonstrou estar 100% da lesão no joelho que o tirou por um longo tempo dos gramados. Suas boas atuações pelo Montpellier chamaram a atenção do Olympique de Marseille que não mediu esforços para ter o jovem atleta em seu elenco. Por 12 milhões de euros, a equipe marselhesa conseguiu tirar ele do Montpellier. Principalmente pelo fato de ter uma grande técnica com a bola nos pés, a sua capacidade de acelerar o jogo quando necessário foram fatores que o OM gostou em Sanson.

6 - Andy Delort - Tigres para o Toulouse - 6 milhões de euros

Após rápida passagem pelo Tigres, Delort assinou pelo Toulouse | Foto: Divulgação/Toulouse
Após rápida passagem pelo Tigres, Delort assinou pelo Toulouse | Foto: Divulgação/Toulouse

Após 14 jogos e apenas três gols marcados pelo Tigres, do México, equipe do também atacante francês André-Pierre Gignac, a passagem de Delort pelo futebol mexicano durou somente um ano e ele já está de volta à França. O Toulouse resolveu abrir os cofres e apostar no centroavante de 25 anos, que custou 6 milhões de euros. Desejado por muitos outros clubes europeus, o que motivou do jogador ter ido aos le Téfécé foi a boa relação com o técnico Pascal Dupraz.

7 - Prince Oniangué - Wolverhampton para o Bastia - Empréstimo até o fim da temporada

Pelo Reims, o congolês marcou 17 gols em 94 jogos | Foto: Getty Images
Pelo Reims, o congolês marcou 17 gols em 94 jogos | Foto: Getty Images

A passagem apagada pelo Wolverhampton, após Oniangué ter brilhado pelo Stade de Reims, não ofuscou a chegada relâmpago do atacante congolês ao Bastia. Emprestado até o final da temporada, o atleta já marcou gol pela equipe da ilha de Córsega, no jogo diante do Nice. Na Inglaterra, Oniangué atuou em 10 partidas e marcou somente dois gols, números bem abaixo dos apresentados no Reims, onde marcou 17 tentos em 94 jogos. 

8 - Cheick Diabaté - Osmanlispor para o Metz - Empréstimo até o fim da temporada

Na sua estreia, Diabaté balançou as redes duas vezes | Foto: Divulgação/Metz
Na sua estreia, Diabaté balançou as redes duas vezes | Foto: Divulgação/Metz

Diabaté brilhou pelo Bordeaux, clube em que atuou por seis anos. Mas após algumas contusões e um período ruim com a camisa dos Girondins, não teve seu vínculo renovado e rumou ao futebol turco, para jogar no Osmanlispor, no começo de 2016. Em um ano na Turquia, o malinense entrou em campo 16 vezes e marcou seis gols, mas os números não agradaram. A equipe turca resolveu emprestar o atacante para o Metz, que briga para não cair na Ligue 1, e em seu primeiro jogo com a equipe grená, balançou as redes duas vezes na vitória por dois a zero diante do Montpellier.

9 - Anwar El Ghazi - Ajax para o Lille - 9 milhões de euros

El Ghazi, uma das grandes revelações do futebol holandês assinou com o Lille | Foto: Divulgação/Lille
Foto: Divulgação/Lille

Uma das grandes reveleções do futebol holandês chegou ao francês. Após Gerard Lopez ter adquirido a equipe do Lille, o novo presidente tem ideias de apostar no futuro, e por isso resolveu contratar o centroavante de apenas 21 anos, Anwar El Ghazi, por nove milhões de euros. O jovem jogador tem duas partidas com a camisa da seleção holandesa e 20 gols em 70 partidas com o Ajax, seu antigo clube.

10 - Patrice Evra - Juventus para o Olympique de Marseille - sem custos

Experiência de Evra a favor do Olympique | Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Se o Lille resolveu apostar na juventude de El Ghazi, o Olympique de Marseille apostou na experiência do lateral Patrice Evra, que volta ao futebol francês após onze anos longe. Aos 35 anos e com passagens por Manchester United e Juventus, Evra retorna aos gramados franceses após um período na reserva da Vecchia Signora. A equipe italiana liberou de graça o experiente atleta para atuar no Olympique de Marseille.

A pior contratação: Anthony Mounier - Do Bologna para o Saint-Étienne, dos Verts para Atalanta - Empréstimo

Passagem de Mounier pelo Saint-Étienne durou três dias | Foto: Divulgação/Saint-Étienne
Passagem de Mounier pelo Saint-Étienne durou três dias | Foto: Divulgação/Saint-Étienne

A negociação mais curiosa do futebol francês foi a de Anthony Mounier ao Saint-Étienne. Após uma temporada muito boa no Bologna, da Itália, o centroavante francês perdeu espaço nos felsinei e acabou virando reserva. Na intenção de buscar ritmo de jogo, foi emprestado ao Saint-Étienne, mas após três dias do negócio ter sido fechado, o clube boicotou a negociação e rescindiu o contrato do atleta. O motivo seria que Mounier foi revelado pelo Lyon, clube seu de coração e maior rival do Saint-Étienne, mas durante uma partida quando o jogador atuava pelo Nice, há anos trás, ele cantou para as câmeras uma música que ofende o clube do Saint-Étienne, e os torcedores da equipe alviverde não perdoaram Mounier, muito menos o clube, que o dispensou após três dias. No final, Mounier retornou ao futebol italiano e foi emprestado a Atalanta.

VAVEL Logo