Em jogo com erros da arbitragem, Villarreal tropeça em casa contra o Málaga

Na manhã deste domingo (12), o Villarreal recebeu o Málaga no Estádio de la Cerámica, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Espanhol, e emendou o segundo empate consecutivo na competição.  Em jogo bastante disputado, o árbitro teve grande influência no placar final, deixando de marcar um pênalti claro para o Málaga e, minutos depois, assinalando a penalidade máxima para o Villarreal.

Charles, aos 14', abriu o placar para os visitantes e Bruno Soriano, na cobrança de pênalti, empatou. Na próxima semana o Submarino Amarelo, que manteve a sexta posição na tabela, vai até o Anoeta enfrentar a Real Sociedad, enquanto os Boquerones, apenas 14º, recebem o Las Palmas.

Em um primeiro tempo bastante disputado, se saiu melhor quem soube finalizar. E, surpreendentemente, foi o Málaga. Com um começo de jogo tendo mais a posse de bola, os visitantes já buscavam surpreender o Villarreal. Aos 9', Fornals fez boa jogada em diagonal, cortou para o meio e chutou de canhota, Sergio Asenjo voou no cantinho para espalmar pra escanteio. 

Pouco depois, aos 14', em jogada de Keko pela direita, que abriu para Rosales cruzar, o brasileiro Charles se antecipou à marcação e cabeceou firme para abrir o placar. A defesa menos vazada do campeonato  - com apenas 14 gols sofridos - era surpreendida, mudando o panorama do jogo.

À partir daí o que se viu foi um domínio amarelo, como já era esperado. Mas manter a bola não significava concluir a gol, apenas duas finalizações foram ao gol de Kameni. Os chutes de fora da área e as jogadas de linha de fundo eram as principais armas do Submarino Amarelo, mas o gol não saía. O Málaga buscava aproveitar os contra-ataques, mas sem sucesso. Soube se defender e segurar o ímpeto do adversário para ir para o intervalo com a vantagem.

Árbitro decisivo no placar

Na volta para o segundo tempo o jogo permaneceu na mesma nota, com o Villarreal buscando as jogadas em velocidade pelas laterais, mas que não encontravam alguém dentro da área para finalizar. Nas poucas saídas do Málaga, um lance polêmico, quando aos 54', após cobrança de escanteio, Charles subiu pra cabecear e foi claramente agarrado, o árbitro nada marcou, deixando os jogadores revoltados.

Revolta essa que aumentou logo depois, quando aos 62' o árbitro assinalou um pênalti um tanto duvidoso para os donos da casa. Apesar dos muitos protestos, Bruno Soriano correu para a bola e empatou a partida.

Parecia o início da reação, mas sete minutos depois um balde de água fria. Roberto Soriano, de forma inexplicável, deu dois pontapés em Camacho, o árbitro Vicandi Garrido aplicou o cartão vermelho direto, deixando o Villarreal com um jogador a menos. A partida seguiu disputada, mas apesar de todo o esforço, o empate permaneceu no placar e o árbitro saiu como decisivo no placar.

VAVEL Logo