PSG domina do início ao fim e goleia Barcelona com dois do aniversariante Di María

Chocolate. Assim pode-se definir o verdadeiro baile do PSG sobre o Barcelona pelo jogo de ida das oitavas de finais da Uefa Champions League 2016/17 no Parc des Princes, em Paris, nesta terça-feira (14). Com dois do aniversariante do dia, Di María, um de Draxler e outro do artilheiro Cavani, os franceses não deram chances aos espanhóis e venceram por 4 a 0.

Agora, o Barcelona terá que fazer algo que nenhum time conseguiu até hoje na história da competição, reverter um 4 a 0. A partida de volta acontecerá no dia 8 de março, uma quarta-feira, no estádio Camp Nou, às 16h45.

PSG domina e abre dois de vantagem

O começo de jogo do PSG foi simplesmente dominante e sufocador no Parc des Princes. Os franceses dominavam de maneira absurda os visitantes, que não conseguiam trocar muitos passes. Aos 10', a primeira ótima chance da partida, quando Matuidi foi lançado pela esquerda na grande área e chutou com força, no alto, mas Ter Stegen fez grande defesa.

A pressão seguiu muito intensa, e o que era apenas uma questão de tempo, aconteceu. Aos 18', Draxler tentou a jogada, mas foi derrubado por Umtiti na entrada da área. Aniversariante do dia, Di María foi para a cobrança e bateu com perfeição, por cima da barreira e sem chances para Ter Stegen: 1 a 0 PSG.

A intensidade dos franceses diminuiu um pouco, o que era esperado, tendo em vista o ótimo jogo dos donos da casa. Aos 27', Neymar recebeu de Suárez, avançou pelo meio com espaço e deu uma linda enfiada para André Gomes. O português chutou, Trapp desviou e a bola saiu pela linha de fundo. Ótima chance desperdiçada pelo meia.

Só que depois desse susto, o PSG voltou a tomar conta do jogo, tanto que chegou ao segundo gol. Aos 40', Messi tentou jogada individual pelo meio, mas foi desarmado por Verratti, que avançou com liberdade pelo meio e abriu na direita para Draxler, que recebeu dentro da área e finalizou bonito, com força e cruzado, sem chances para Ter Stegen: 2 a 0 PSG.

Franceses mantém ritmo, marca mais dois e praticamente garante vaga

Quem achava que o Barcelona viria mais ligado para a segunda etapa, errou por muito. O PSG descansou e veio com ainda mais fome para a segunda etapa, querendo decidir tudo já na França, tanto que os donos da casa voltaram pressionando e buscando muito o gol, chegando várias e várias vezes, encularrando os espanhóis.

E o aniversariante do dia realmente estava inspirado. Aos 10', Trapp ameaçou sair no chutão, mas preferiu sair com a bola no chão. A bola passou pelos pés de Matuidi e Kurzawa, até chegar em Di María, que recebeu com espaço no meio, avançou, chegou na entrada da área e bateu colocado, bonito, marcando um golaço e deixando tudo ainda mais tranquilo para os franceses: 3 a 0 PSG.

Mesmo com três de vantagem, o PSG continuou massacrando e martelando o gol culé, e isso acarretou no quarto gol, que fechou o verdadeiro baile no Parc des Princes. Aos 27', Meunier fez grande jogada pela direita e deu lindo passe em profundidade para Cavani, que ganhou de Piqué na corrida e finalizou com força, sem chances para Trapp, fechando a conta em Paris: 4 a 0 PSG.

VAVEL Logo