Florenzi volta a se lesionar e ficará mais cinco meses ausente da Roma
Florenzi em sessão de treinamento com a Roma (Foto: Divulgação / AS Roma)

A Roma já viveu um drama com as seguidas lesões no joelho sofridas pelo holandês Kevin Strootman. Depois de se machucar na reta final da temporada 2013/14 da Serie A, o camisa 6 passou por repetidas cirurgias e só conseguiu engatar uma sequência de jogos na atual temporada. O caso pode estar se repetindo com Alessandro Florenzi, um dos xodós da torcida giallorossa. Depois de romper o ligamento cruzado anterior em partida contra o Sassuolo, no último mês de outubro, o lateral sofreu nova lesão, idêntica à anterior.

Depois de já ter passado por uma cirurgia e chegar nos estágios finais do longo processo de recuperação, Florenzi já treinava com bola, ainda afastado do grupo. No entanto, nesta semana, acabou sofrendo uma torção no joelho durante os treinamentos. Mais tarde, a lesão foi confirmada como uma nova ruptura no mesmo ligamento, que precisaria de uma nova cirurgia. Nesta sexta, o camisa 24 da Roma passou por uma artroscopia, responsável por substituir os tecidos do ligamento rompido. Os médicos do clube estimam que o lateral precisará de mais cinco meses para se recuperar totalmente.

Nesta temporada, Florenzi tem apenas 13 jogos com a camisa da Roma. Por conta da gravidade da lesão e do extenso tempo de recuperação, o lateral não voltará a atuar na temporada 2016/17 e só volta quando a nova temporada começar. O cirurgião Pierpaolo Mariani, responsável por operar o joelho do jogador garantiu que o atleta teve o tempo de recuperação respeitado e afirmou que a nova lesão foi uma infelicidade: "Florenzi levou azar. Eu não penso que criei um Robocop depois que opero alguém. Eu faço cirurgias em pessoas normais. Ele poderia ter rompido outro ligamento também. Cirurgias não garantem que seu joelho ficará mais forte. No dia 1º, ele estava em sua melhor forma e acabou se machucando novamente. Não houve pressa na recuperação, ele levou o tempo normal, o mesmo que Rüdiger, Mário Rui e Capradossi", afirmou o médico, citando jogadores que passaram por lesões similares.

VAVEL Logo