RB Leipzig pode não disputar Uefa Champions League mesmo se garantir vaga pela Bundesliga

RB Leipzig pode não disputar Uefa Champions League mesmo se garantir vaga pela Bundesliga

Regulamento da Uefa não permite que dois times controlados por mesma empresa ou mesmos donos possam disputar mesma competição; dirigentes tranquilizam clubes

tainanmelo
Taynã Melo

A campanha do RB Leipzig é histórica. Fundado em 2009, o time subiu de divisões e disputa pela primeira vez a elite do futebol alemão. Até o momento, o desempenho do clube na atual temporada da Bundesliga é impressionante. O time ocupa a segunda colocação e proporciona dificuldades ao Bayern de Munique, que luta pelo pentacampeonato nacional, mas não com tanta facilidade em relação aos anos anteriores.

Cercado de muita polêmica pelo forte investimento da Red Bull no clube da Alemanha Oriental, o time está ameaçado de não aumentar a sua história. Embora esteja na segunda colocação e seja apontado como um dos alemães a disputarem a Uefa Champions League, a equipe pode não disputar o torneio continental na próxima temporada.

De acordo com informações provenientes do jornal austríaco Salzburger Nachrichten, a Uefa estuda a participação de apenas um clube ligado ao grupo Red Bull. Como o Red Bull Salzburg está muito perto de conquistar o tetracampeonato austríaco, o RB Leipzig poderia ser afetado diretamente por isso. Segundo o regulamento da entidade máxima do futebol no Velho Continente, duas equipes pertencentes ao mesmo dono não podem participar de uma mesma edição de um torneio europeu.

Embora a ameaça possa trazer incômodo, os gestores estão tranquilos nesse panorama. O coordenador do futebol mundial da Red Bull e CEO do RB Leipzig, Oliver Mintzlaff, manifestou calma e ausência de preocupação diante dos fatos. "Não há nenhum nervosismo no Leipzig e a Uefa ainda não nos notificou de nada. Se nos classificarmos dentro de campo, não há motivos para duvidarem da nossa participação nas competições europeias", afirmou o gestor.

O diretor esportivo do Salzburg, Christoph Freund, também acredita que as duas equipes patrocinadas pela Red Bull irão disputar a Uefa Champions League. "Eu suponho que Leipzig e Saslzburg irão competir uma competição internacional na próxima temporada", declarou.

O jornal austríaco informou também que a Uefa pode considerar os dois times como independentes, o que permitiria que as duas equipes participassem da próxima edição do maior torneio interclubes do mundo. Outro ponto que favorece ao conglomerado é que existe apenas um contrato formal de patrocinador principal, o que caracteriza redução nos direitos e ausência de total dependência do grupo Red Bull.

Algumas possibilidades são ventiladas. Caso seja necessário escolher uma equipe, o regulamento da Uefa destaca que o de melhor campanha permanece no torneio. Outra afirma que o Salzburg deixaria de participar, uma vez que o Leipzig é prioridade. Fato é que a decisão só vai sair no fim da temporada, quando todos os clubes que participarem da Uefa Champions League 2017-2018 estarão definidos.

VAVEL Logo