Campeonato Argentino acerta retorno das atividades em acordo entre AFA e jogadores
Foto: Divulgação / AFA

O futebol argentino vive um momento bastante turbulento na parte administrativa. O campeonato nacional, que já deveria ter começado, foi adiado porque não havia fundos para o pagamento dos salários dos jogadores. Durante os meses de janeiro e fevereiro deste ano, além de alguns jogos do ano passado, muitos atletas não foram pagos. 

Sergio Marchi, secretário-geral dos Futebolistas Argentinos Associados, declarou nesta terça-feira (8) que o Campeonato Argentino voltará nesta quinta-feira (8). Porém, o reinício está marcado para o confronto entre Velez e Estudiantes, às 21h00 desta sexta-feira. Os atletas entraram em um acordo sobre salários, o que foi formalizado nesta quarta, no Ministério do Trabalho argentino. “Esperamos que tudo seja resolvido. É o último passo, tudo está se encaminhando para essa direção”, declarou Marchi na reunião. O salário dos atletas estava atrasado nos meses de fevereiro, janeiro e, inclusive, em relação aos vencimentos de 2016.

A AFA (Associação de Futebol Argentino) promete pagar os jogadores uma parte de seus salários com a venda dos direitos de transmissão do Campeonato Argentino. A outra parte virá da rescisão de contrato do governo argentino com a entidade que administra o futebol. O Futebol para Todos, programa que pagava pelos direitos do torneio que era transmitido em TV Estatal, foi rescindido.

O Campeonato Argentino havia parado em 16 de dezembro, após a disputa de 14 rodada do certame. O reinício faz com que muitas equipes, inclusive de disputa de Libertadores da América, voltem a seus compromissos oficiais em 2017. O San Lorenzo, adversário do Flamengo nesta estreia da competição continental, havia realizado somente quatro amistosos no presente ano.

VAVEL Logo