Buffon já pensa nas quartas da Champions e admite: "Quero evitar o Leicester"

O Leicester City segue dando o que falar. Esperançoso em reverter a desvantagem de 2 a 1 nas oitavas de final da Uefa Champions League 2016/2017, o escrete inglês correspondeu às expectativas de sua torcida e passou pelos espanhóis do Sevilla com uma categórica vitória de 2 a 0 (3 a 2 no placar agregado) nesta terça-feira (14), no King Power Stadium, em Leicester. Quem também carimbou o passaporte para as quartas de final da principal competição interclubes da Europa foi a Juventus. A classificação do clube italiano foi tranquila, com gol de Dybala no triunfo de 1 a 0 sobre o Porto, de Portugal, no Juventus Stadium, em Turim, e 3 a 0 no placar agregado.

Com esses resultados, seis dos oitos quadrifinalistas da Champions já estão definidos. Além de Leicester e Juve, também já estão lá Real Madrid, Bayern de Munique, Barcelona e Borussia Dortmund. Eliminaram Napoli, Arsenal, Paris Saint-Germain e Benfica, respectivamente. As outras duas vagas serão preenchidas nesta quarta-feira (15), quando serão disputados os confrontos Atlético de Madrid x Bayer Leverkusen, na Espanha, e Monaco x Manchester City, no Principado de Mônaco.

O goleiro da Vecchia Signora, Gianluigi Buffon, está de olho nas equipes que podem enfrentar a Juventus na próxima fase. "Há cinco anos estabelecemos o objetivo de que a Juventus deveria estar entre os oito melhores da Europa todos os anos. Agora, com esse objetivo sendo alcançado, é natural que estejamos em uma posição de prestígio", comentou o arqueiro em entrevista ao portal italiano Mediaset Premium.

Por outro lado, o experiente jogador de 39 anos deixou bem claro que existe um time com o qual ele não quer medir forças de jeito nenhum: o atual campeão inglês. "Quero evitar o Leicester", frisou.

Buffon justificou seu posicionamento. "Eles têm não apenas entusiasmo e paixão, mas também as armas necessárias para ferir o time que quiser tomar a iniciativa", explicou.

A justificativa do veterano tem fundamento. O Leicester vive franca recuperação em uma temporada de altos e baixos. Após a saída do italiano Claudio Ranieri, técnico das Raposas no surpreendente título da última Premier League, o antigo auxiliar técnico, o inglês Craig Shakespeare, assumiu o comando interinamente. Com duas vitórias seguidas no campeonato nacional - ambas por 3 a 1, frente ao Liverpool e ao Hull -, o interino foi efetivado. Nesta terça, o técnico de sobrenome poderoso guiou os Foxes na epopeia contra o Sevilla. A classificação veio com gols de Morgan e Albrighton e um pênalti defendido por Schmeichel.

Iniciado por Ranieri, o "conto de fadas" do Leicester City FC continua a ser escrito. Agora, por Shakespeare. E Buffon não quer não quer participar dessa história. Agendado para a próxima sexta-feira (17), o sorteio dos confrontos das quartas de final da UCL mostrará se o desejo do goleiro da Juventus e da seleção italiana será atendido.

VAVEL Logo