Federação Italiana confirma primeira mulher técnica em seleção de base

Federação Italiana confirma primeira mulher técnica em seleção de base

Patrizia Panico assume comando da seleção sub-16 masculina e se anima com oportunidade: "Pode abrir espaço para tantas outras colegas"

charley-moreira
Charley Moreira

Pela primeira vez na história do futebol italiano uma mulher assume o comando técnico de uma seleção masculina. A FIGC (Federação Italiana de Futebol, em tradução livre) confirmou, nesta quinta-feira (16), em seu site oficial, que a ex-jogadora Patrizia Panico, de 42 anos, passa a ser a nova treinadora da seleção italiana sub-16. Ela substitui Daniele Zoratto, que segue para a Azzurra sub-19.

Especial VAVEL: especialistas analisam e discutem o espaço feminino no futebol brasileiro

Exaltada pela própria FIGC como um “verdadeiro monumento do futebol feminino”, Panico é a mulher que mais vezes vestiu a camisa da seleção italiana feminina, com 204 jogos; a ex-atacante também contabiliza 110 gols, recorde da categoria. Artilheira da Serie A (primeira divisão da liga italiana) por 12 vezes, ela entrou para o Hall da Fama do Futebol Italiano em 2015.

Panico não se mostrou surpresa com a nova etapa em sua carreira, e acredita que essa chance pode servir como inspiração para outras mulheres que buscam mais espaço no futebol. “Eu não sabia que Zoratto iria embora [para a seleção sub-19], mas acho que é a escolha justa, visto que sou sua assistente”, disse ela, ao jornal Gazzetta dello Sport.

Com vasta experiência no futebol feminino, volante Formiga assina contrato com PSG

Eu acho que temos que quebrar muitas barreiras, e essa decisão pode nos ajudar a pensar”, destacou. “Ser a primeira mulher em um banco de uma seleção masculina é, certamente, uma grande conquista. Eu gosto de pensar que a minha primeira vez pode abrir espaço para tantas outras colegas”, sublinhou Panico.

A técnica estreia à frente da seleção italiana sub-16 no dia 22 de março, no estádio Marcantonio Bentengodi, em Verona, em um amistoso diante da Alemanha. Dois dias depois, italianos e alemães se enfrentam novamente, mas dessa vez no estádio Comunale di Caldiero Terme, em Caldiero.

VAVEL Logo