Mata decide, Manchester United derrota Rostov e avança às quartas de final

O empate em 1 a 1 ainda na ida das oitavas de final da Uefa Europa League 2016/17, entre Manchester United Rostov, deixou os times vivos para o duelo de volta. Nesta quinta-feira (16), no Old Trafford, em Manchester, os ingleses fizeram valer o mando de campo e garantiram classificação às quartas de final ao vencer por 1 a 0, com o gol solitário de Mata.

Os Red Devils aguardam o próximo adversário, que vai ser definido em sorteio nessa sexta-feira (17), em Nyon, na Suíça. A Uefa reservou duas datas em abril, dias 13 e 20, para a disputa dos confrontos, com times do mesmo país podendo se enfrentar. A finalíssima do certame vai ser realizada em Estocolmo, na Suécia, na Friends Arena.

Antes, o United joga ainda pela Premier League. Neste fim de semana, a equipe comandada por José Mourinho vai encarar o Middlesbrough. O jogo, válido pela 29ª rodada do torneio, será realizado no Riverside Stadium às 9h. Em 26 partidas disputadas, pois duas foram atrasadas, os britânicos venceram 13, empataram dez e perderam três, deixando-o na 6ª colocação com 49 pontos. O Boro, por sua vez, é o vice-lanterna com apenas 22 pontos ganhos.

United pressiona, mas Rostov segura placar

Mesmo podendo garantir a vaga com o empate sem gols, o United não se mostrou satisfeito e foi para cima do Rostov com todo gás visando a pressão no início da partida. Antes mesmo dos cinco minutos de duelo no Old Trafford, os donos da casa tiveram a primeira boa chance. Após cobrança de escanteio, Rojo cabeceou forte e Medvedev fez a defesa. A sobra ficou com Ibrahimovic, que chutou firme, mas a bola ficou no goleiro e beijou a trave antes da sair pela linha de fundo.

Com o ritmo mais intenso diante da torcida, a equipe vermelha seguiu pressionando e procurando espaços para furar o bloqueio adversário, pois buscou a todo custo abrir o placar. Mata deu lançamento longo ao sueco, que driblou o goleiro e ficou sem ângulo, visando se corrigir em seguida. Ainda assim, bateu em cima do arqueiro e falhou no arremate em direção à meta.

(Foto: Oli Scarff/AFP/Getty Images)
Ibrahimovic criou as primeiras chances a favor do United na partida (Foto: Oli Scarff/AFP/Getty Images)

A determinação prosseguiu durante todo o primeiro tempo do duelo e, com isso, novas jogadas foram tentadas a favor dos anfitriões, já que o visitante estava preso em sua defesa. Uma dessas, entretanto, gerou a maior polêmica. Após bola alçada na pequena área, o camisa do clube russo empurrou Mkhitaryan depois de dar um soco na pelota, porém a arbitragem mandou seguir e nada marcou.

Logo em seguida, os Red Devils demonstraram que a força ofensiva ia continuar e tiveram dois bons momentos para sair com a vantagem no marcador, contudo não teve sucesso. Na primeira, o armênio recebeu bom passe de Mata após troca de passes veloz e tentou bater tirando do alcance do goleiro, todavia a bola saiu pela próxima à trave direita. Depois, em cruzamento na área, Ibra mandou uma bomba e acertou o poste.

Nem mesmo nos acréscimos os ingleses abdicaram do ataque e quase foram recompensados com o empenho mostrado todos os 45 minutos iniciais. Em lance rápido e com boa movimentação, o centroavante deu bom pivô para Pogba, que recebeu na meia-lua. O francês soltou o pé e Medvedev afastou o perigo, garantindo o zero para ambos no fim da etapa inicial.

Mata marca e garante vaga dos Red Devils

Para a etapa final, os treinadores optaram por não realizar mudanças. Ainda assim, com apenas um minuto de bola rolando, Mourinho se viu na obrigação de mexer na equipe por conta de uma lesão. Pogba, que sentiu o posterior da coxa, deu lugar para a entrada de Fellaini, com o intuito de manter o estilo de jogo.

Começando a gostar da partida, por ter se poupado no decorrer e com o fôlego renovado, o Rostov foi para cima e teve duas boas chances de sair em vantagem. Na primeira, Azmoun recebeu na direita e fez lance individual puxando para o meio. Livre de marcação, bateu firme e viu o goleiro Romero fazer a intervenção. Em seguida, após corte errado dos defensores, Noboa emendou de longe, a bola quicou na pequena área e o argentino defendeu tranquilo.

Pogba saiu lesionado ainda no começo do segundo tempo (Foto: Stu Forster/Getty Images)
Pogba saiu lesionado ainda no começo do segundo tempo (Foto: Stu Forster/Getty Images)

O susto fez com que o United não desistisse e, em contra-ataque fatal, o time conseguisse enfim furar o bloqueio. Após falha no meio-campo, a bola ficou com Mkhitaryan, que arrancou em velocidade pela direita. Em liberdade, o armênio tocou na pequena área e Ibrahimovic raspou de letra para Mata, que estava debaixo de barra, colocando a bola no fundo do barbante.

Ainda assim, os russos tentaram assustar para levar à prorrogação. Em cruzamento perfeito na área de Noboa, Bukharov cabeceou e ficou na defesa de Romero, que evitou o empate. Nos acréscimos, outra chance foi criada, mas também com a intervenção do arqueiro. Noboa cobrou falta colocada e o camisa 1 voou para fazer o milagre, impedindo que o placar fosse alterado, garantindo a classificação.

VAVEL Logo