Bayern de Munique enfrenta Mönchengladbach mirando aumentar vantagem na liderança

Um duelo crucial para Borussia Mönchengladbach e Bayern de Munique. Com a aproximação do momento mais decisivo do Campeonato Alemão, as duas equipes entram em campo neste domingo (19) de olho em vencer para se aproximar de seus atuais objetivos. O duelo entre as equipes vai acontecer no Borussia-Park, às 13h30, pela 25ª rodada da Bundesliga 2016/2017.

Por um lado, os Potros acumulam dois resultados negativos. A derrota para o Hamburgo no último fim de semana voltou a quebrar o ritmo de ascensão da equipe atingido desde o início do ano e a semana ficou ainda pior com o empate em 2 a 2 dentro de casa que culminou na eliminação da Uefa Europa League ante o rival Schalke 04. Do outro lado, o Bayern de Munique venceu bem o Eintracht Frankfurt e se consolidou na liderança e ficou mais perto do inédito pentacampeonato.

Manter vivo as chances de Europa League

A ascensão do Borussia Mönchengladbach na sequência da Bundesliga é notável. O clube se aproximou da zona de rebaixamento até a pausa de inverno. Com a troca de comando técnico, o time cresceu de produção e venceu jogos importantes, que deixaram o time sonhar com vagas em competições europeias, principalmente na Uefa Europa League. Porém, os dois revezes nos últimos dias ligaram o sinal de alerta para a equipe voltar a vencer o quanto antes para não prejudicar o ambiente.

O adversário não é nada fácil e o time não está completo para o confronto. Ainda assim, o retrospecto é animador para o Gladbach. Desde a temporada 2014/2015, os Potros são o único time da Bundesliga a ter um histórico recente positivo contra o Bayern. São duas vitórias, dois empates e uma derrota

Não entram em campo neste domingo o zagueiro Doucouré, os meias Traoré, Dahoud e Kramer, além dos atacantes Stindl e Thorgan Hazard. Todos estão lesionados. A curiosidade sobre Hazard é que ele é o terceiro jogador que ainda não enfrentou o Bayern de Munique na Bundesliga. São quatro jogos ao todo, atrás de Nigel De Jong (cinco) e Jürgen Milewski (sete), que passaram mais tempo sem encarar os bávaros quando vestiram a camisa do Hamburgo. Mesmo com as importantes ausências no time principal, o técnico Dieter Hecking afirma que o Borussia Mönchengladbach vai motivado para vencer o líder e voltar a conquistar três pontos importantes diante de sua torcida.

"Todos observam este jogo porque você enfrenta alguns dos melhores jogadores da Europa. Eu não preciso enfatizar que somos forasteiros. Em épocas passadas, o Borussia Mönchengladbach tem feitos jogos complicados contra o Bayern de Munique e queremos voltar a ser o mesmo neste domingo, independentemente da aparência do nosso plantel. Obviamente precisamos de um pouco de sorte, algo que faltou nestes últimos dois jogos. Mas essas coisas terão a tendência de se equilibrarem ao longo da temporada", falou o comandante dos Potros.

Ficar ainda mais perto do pentacampeonato

O Bayern de Munique voltou a ser o time com atuações seguras que o tornam praticamente imbatível no cenário nacional. Mas o Borussia Mönchengladbach historicamente é um adversário indigesto aos bávaros. Fora de casa, o pior retrospecto na história é contra os Potros. São apenas 11 vitórias e 19 derrotas, além de 18 empates quando encara o oponente longe de seus domínios. Porém, o bom momento nacional e continental, com tranquilidade na Bundesliga e na Uefa Champions League animam a equipe.

Um dos jogadores que podem ajudar o Bayern neste domingo é o zagueiro Javi Martínez. O defensor espanhol está invicto na Bundesliga há 27 jogos e pode igualar ao meia Franck Ribéry (15) como recordista de jogos sem perder quando joga fora de casa caso seu time vença. Porém, a última derrota foi contra o Gladbach por 3 a 1, em dezembro de 2015.

Dois jogadores não poderão ser utilizados pelo técnico Carlo Ancelotti neste fim de semana. Os meias Arturo Vidal (suspenso) e Douglas Costa (lesionado) são desfalques e não entram em campo. O goleiro Manuel Neuer afirmou em entrevista que, embora o time esteja bem nos torneios em que disputa, sabe que ainda é necessário mais esforço para chegar bem na reta final e conquistar o máximo de títulos possível.

"Estamos em uma corrida, mas sabemos que não acabou. As semanas cruciais ainda estão à nossa frente. Estamos felizes pelas coisas estarem assim. Queremos mantê-las o máximo de tempo possível e até mesmo estender nossa liderança na Bundesliga, neste domingo, contra o Borussia Mönchengladbach, se possível", afirmou o goleiro.

VAVEL Logo