Pioli faz autocrítica após derrota da Inter para Crotone, mas pondera: "A culpa é de todos"

Pioli faz autocrítica após derrota da Inter para Crotone, mas pondera: "A culpa é de todos"

Treinador nerazzurro apontou o lado psicológico como principal rival da equipe no revés por 2 a 1, fora de casa

Luquinhas3
Lucas Martins

A Internazionale continua aumentando sua série sem vitórias na Serie A 2016/17. Agora há exatamente três partidas sem saber o que são três pontos, o triunfo mais recente do clube se deu no longínquo dia 12 de março, quando bateu a Atalanta por 7 a 1. O carrasco da vez foi o pequenino Crotone, cuja briga no campeonato fica concentrada a não ser rebaixado para a Serie B logo na primeira temporada de volta a elite do futebol nacional.

Stefano Pioli, comandante do time sediado em Milão, preferiu repartir a culpa pelo amargo 2 a 1: "Nos primeiros 20 minutos cometemos muitos erros que comprometeram o restante da partida, ainda que tenhamos buscado a virada no segundo tempo. Fomos superficiais", resumiu o técnico. "Aconteceu o que não deveria e, a respeito da preparação psicológica, significa que não trabalhei bem, mas a culpa é de todos. Felizmente agora temos outro desafio e devemos somar pontos", seguiu comentando Pioli na entrevista coletiva após o jogo fora de casa.

"O campeonato ainda é longo e as chances não acabaram. Não devemos pedir desculpas, mas sim apenas reagir de imediato a essa derrota. Se a partida contra o Crotone era uma prova, a Inter não passou. O começo de hoje foi inexplicável para mim, são todos responsáveis, mas os mesmos devem estar dispostos a recuperar uma boa posição na tabela de classificação", reforçou Stefano, falando sobre os dois gols sofridos nos 20 minutos iniciais.

"Não estivemos à altura nos últimos jogos e vamos retomar a competência adequada para terminar o campeonato como estávamos jogando duas semanas atrás", disse. "Se é difícil treinar a Inter? Nosso trabalho sempre está voltado para a continuidade, como um grande clube deve fazer", esclareceu o gestor.

A próxima partida da Inter será contra o rival Milan, sábado (15), às 7h30. Uma derrota no clássico poderá complicar ainda mais a situação do técnico. A equipe ocupa a 7ª colocação com 55 pontos.

VAVEL Logo