Shakespeare mostra confiança apesar de derrota para Atlético: "Ainda estamos vivos"

Continuando o conto de fadas, o Leicester voltou a campo nesta quarta-feira (12) pela partida de ida das quartas de final da Uefa Champions League frente ao Atlético de Madrid no Vicente Calderón. O resultado, porém, não foi positivo para os Foxes, visto que foram derrotados por 1 a 0, porém o resultado não desanima o treinador da equipe, Craig Shakespeare, que reafirma a vontade do clube de continuar vivo no certame, além de salientar dificuldade. 

Desde a temporada passada, o time inglês tem tido todos os seus desejos atendidos pelos deuses do futebol, depois de muito esforço e merecimento ao longo desse tempo. A missão agora será reverter a desvantagem mínima contra o Atleti no King Power Stadium, local onde a agremiação anda tendo bons resultados nos últimos jogos, inclusive a reversão da derrota contra o Sevilla na fase passada.

"Ainda estamos vivos e queremos continuar nesta competição", disse Shakespeare depois do jogo. "Ainda nos falta um jogo difícil contra um time complicado que gosta de jogar unido. Mas não vai ser fácil para eles também. Nossa torcida gosta de jogos importantes e estamos bem jogando em casa. Temos que atacar na Inglaterra, sabemos o que temos de fazer", apontou o técnico. 

Analisando o adversário brevemente, o recém admitido treinador deixou um pouco mais claro o que o seu time precisa fazer para conseguir a classificação. "Sabíamos que ia ser difícil. Eles são um time bom, que trocam passes rápidos e todos jogam com e sem a bola. Precisaremos nos abrir e uma das virtudes deles é exatamente o contra-ataque", observou.

Depois de perder na ida também contra o Sevilla, o Leicester conseguiu a classificação no jogo de volta vencendo seu adversário por 2 a 0, ficando à frente no agregado por 3 a 2. A tarefa da vez é parecida, visto que também leva para casa a desvantagem mínima, já supracitada. Os Foxes se classificam com vitórias por dois gols ou mais. O Atleti, por sua vez, avança com empate, vitória ou derrotas de um gol de diferença desde que marque. 1 a 0 ao Leicester vai à prorrogação.

VAVEL Logo