Em jogo de duas viradas, Dortmund marca no fim e
bate Gladbach fora de casa
Foto: Divulgação/Bundesliga

Borussia Mönchengladbach e Borussia Dortmund protagonizaram um jogo emocionante neste sábado (22) pela 30ª rodada da Bundesliga, no Borussia-Park, com duas viradas e um gol nos minutos finais. Os aurinegros venceram por 3 a 2, com gols de Reus, Aubameyang e Guerreiro, enquanto Stindl e Schmelzer, contra, anotaram os gols dos potros.

O triunfo foi suficiente para recolar o Dortmund na terceira colocação, com 56 pontos, o que daria vaga direta na fase de grupos da próxima Uefa Champions League. Já o Gladbach, após mais uma derrota, vê suas chances de disputar a Uefa Europa League ficarem extremamente complicadas, na décima colocação, com 39 pontos.

As equipes voltam a campo já no meio de semana, dessa vez pela DFB Pokal. O Gladbach receberá o Frankfurt, na terça-feira (25), novamente no Borussia-Park, enquanto o Dortmund, na quarta-feira (26), terá o Der Klassiker diante do Bayern de Munique, no Signal Iduna Park.

Dortmund abre vantagem com pênalti inexistente, mas Stindl empata no fim

O Borussenderby começou de forma polêmica, com um pênalti inexistente assinalado logo aos 9’ de partida – quando Dahoud claramente derrubou Pulisic fora da área – e a penalidade foi convertida por Marco Reus, ex-jogador dos potros. Acuados com o gol sofrido, Sommer ainda salvou os donos na casa no minuto seguinte, em finalização de Dembéle.

O jogo ficou monótono a partir de então, com o Dortmund gerenciando a posse de bola e buscando as ações ofensivas, enquanto o Gladbach, sem criatividade no meio-campo, não conseguia ligar nenhum contra-ataque, e na maioria das vezes parava em um posicionamento ruim de seus atacantes, constantemente flagrados em impedimento.

Já no fim da etapa inicial, Mikel Merino acabou saindo de forma equivocada e André Hahn, livre de marcação, serviu Lars Stindl, que de frente para o gol, não perdoou, empatando a partida para os potros.

Gladbach alcança a virada, falha defensivamente e sucumbe perante o Dortmund

Impulsionado pelo gol de empate ainda no fim da etapa inicial, os Foals voltaram com outra intensidade para o segundo tempo, e logo de cara chegaram ao gol da virada, em um gol contra de Schmelzer, após cruzamento de Wendt. Naquele momento, os donos da casa já pressionavam pelo gol da virada e graças ao esforço de Hahn, que conseguiu o escanteio que antecedeu o gol, chegaram ao empate.

O Borussia Mönchengladbach era melhor e controlava as ações, mas somente até a entrada de Aubameyang na partida – o gabonês teve impacto imediato na partida, e apenas dois minutos depois de entrar em campo, aproveitou falha de Vestergaard, avançou, tirou do goleiro Sommer e empatou a partida.

Com o jogo aberto, ambas as equipes tiveram chances para retomarem a liderança do placar – Herrmann de um lado, exigindo defesa de Bürki e Guerreiro, pelo lado aurinegro, acertando a trave. Através de Guerreiro, inclusive, os visitantes chegaram a incrível virada aos 87’, após bola levantada na área, o jogador polivalente do Dortmund venceu a marcação e cabeceou para o fundo das redes, decretando uma eletrizante reviravolta na partida e um triunfo extremamente relevante para as pretensões da equipe na competição.

VAVEL Logo