Hazard decide no segundo tempo, Chelsea supera Tottenham e avança à decisão da FA Cup

Líder na Premier League, o Chelsea segue vivo no sonho de conquistar a dobradinha de títulos ao final da temporada. Neste sábado (22), o time de Antonio Conte superou o Tottenham por 4 a 2 no Wembley, em partida válida pela semifinal da Copa da Inglaterra.

Willian abriu o placar, mas Harry Kane empatou; o brasileiro voltou a colocar os Blues na frente do marcador, porém Dele Alli buscou a igualdade. Na etapa final, Conte colou Hazard e o belga decidiu: gol e assistência para Matic, matando as chances de reação do time de Mauricio Pochettino.

A equipe do oeste de Londres agora aguarda a partida entre Manchester City Arsenal, que ocorre neste domingo (23) às 11h para definir o segundo finalista da FA Cup; a grande decisão acontece no dia 27 de maio, novamente em Wembley.

Chelsea e Tottenham voltam a entrar em campo neste meio de semana pela 35ª rodada da Premier League: no Stamford Bridge, os Blues recebem o Southampton nesta terça-feira (25) às 15h45; os Spurs entram em campo na quarta (26) contra o Crystal Palace no Selhurst Park às 16h.

Willian marca dois e Chelsea vai para o intervalo em vantagem

Com surpresas, Antonio Conte escalou o Chelsea sem Diego Costa Hazard, poupados e presentes no banco de reservas; Aké substituiu o lesionado Cahill na zaga e o trio ofensivo foi formado por PedroWillian Batshuayi. Os Spurs contavam com suas principais estrelas, como EriksenSonDele Alli e Harry Kane.

Logo aos cinco minutos, Pedro partiu em velocidade no contra-ataque e sofreu falta na entrada da área; com frieza, Willian cobrou no canto de Lloris, que não conseguiu fazer a defesa e o placar foi aberto cedo no Wembley.

A vantagem dos Blues durou menos de quinze minutos. Após escanteio afastado pela zaga do Chelsea, Eriksen recebeu na ponta direita e cruzou para Harry Kane. De costas, o camisa 10 só escorou com a cabeça, estufando as redes de Courtois e marcando seu 26º gol na temporada.

O empate animou os comandados de Pochettino. Com mais posse de bola, os Spurs atrapalhavam a saída de bola adversária e chegavam com mais perigo ao gol de Courtois. No entanto, o Chelsea acabou retomando a vantagem no placar no final do primeiro tempo.

Aos 43', Moses sofreu pênalti duvidoso de Son; com tranquilidade, Willian chamou a responsabilidade e deslocou Lloris, deixando 2 a 1 para os Blues ao fim da etapa inicial.

De falta, Willian abriu o placar; brasileiro ainda marcou o segundo | Foto: Christopher Lee/The FA via Getty
De falta, Willian abriu o placar; brasileiro ainda marcou o segundo | Foto: Christopher Lee/The FA via Getty

Dele Alli empata, mas Chelsea garante vaga na final após entrada de Hazard

Assim como na etapa inicial, os derradeiros 45 minutos começaram agitados. Na busca pelo empate, o Tottenham se alçou ao ataque e logo aos 52', a equipe do norte de Londres conseguiu igualar novamente o marcador.

Com um passe sensacional, Eriksen encontrou Dele Alli na entrada da pequena área, entre David Luiz e Aké; o camisa 20 pegou de bate pronto com a perna esquerda, indefensável para o goleiro belga.

O cronômetro marcava 60' quando Conte realizou suas primeiras substituições: Hazard Diego Costa entraram no lugar de Willian Batshuayi, respectivamente. As mudanças buscavam aumentar a criatividade e a agressividade no setor ofensivo do Chelsea, que não conseguia criar muito na ausência de ambos.

Mesmo com a entrada de Diego e Eden, o Tottenham seguia levando mais perigo ao gol de Courtois. Mantendo a pressão na saída de bola adversária, os Spurs alugavam o campo de ataque, mas faltava o acerto do último passe; o time de Poch chegou a ter 65% de posse.

No entanto, a substituição de Conte surtiu efeito. A zaga do Tottenham afastou após escanteio, e na sobra, Hazard finalizou de canhota, livre, recolocando o Chelsea à frente do placar no Wembley aos 75'.

Cinco minutos depois, o belga novamente chamou a responsabilidade e construiu a jogada do quarto gol dos Blues. Hazard pegou na ponta direita, partiu para o meio e rolou para Matic; o belga acertou em cheio e marcou um golaço no ângulo de Lloris, estático no lance. A bola ainda atingiu o travessão antes de estufar as redes.

Afobado, o Tottenham ainda tentou ensaiar uma reação, mas tarde demais. Final de jogo no WembleyChelsea 4 a 2 e vaga na decisão da Copa da Inglaterra garantida.

Matic acertou chute de rara felicidade, deixando Lloris estático no lance; foi o quarto gol do Chelsea na partida | Foto: Adrian Dennis/AFP via Getty
Matic acertou chute de rara felicidade, deixando Lloris estático no lance; foi o quarto gol do Chelsea na partida | Foto: Adrian Dennis/AFP via Getty

 

 

VAVEL Logo