Com chances de inédito pentacampeonato, Bayern mede forças contra Wolfsburg

Um duelo que pode ficar na história do futebol alemão, principalmente para o Bayern de Munique. O time tem a oportunidade de estender sua hegemonia no país e conquistar o 27º título alemão, o primeiro a faturar a Salva de Prata por cinco temporadas consecutivas. Em confronto válido pela 31ª rodada da Bundesliga 2016-2017, os bávaros encaram o Wolfsburg, às 13h30 deste sábado (29), na Volkswagen Arena.

Líder com 70 pontos, a equipe da Baviera precisa primeiro torcer por tropeço do RB Leipzig contra o Ingolstadt. Os Touros Vermelhos são os únicos que ameaçam o título. Se houver empate ou derrota da equipe pertencente à antiga Alemanha Oriental, resta ao Bayern vencer para comemorar o inédito pentacampeonato nacional. Aos Lobos, restam vencer para não se comprometerem. Com 33 pontos e no 14º lugar, a vitória diante da torcida é fundamental para evitar entrar na zona de rebaixamento a quatro jogos do fim do Campeonato Alemão.

Vitória para obter alívio

A situação do Wolfsburg não é fácil. Embora em rodadas anteriores tenha conquistado resultados importantes, principalmente vitórias fora de casa, os concorrentes não dão trégua e a luta para evitar o rebaixamento segue intensa. Empatado com Mainz 05 e Hamburgo e um ponto acima do Augsburg, primeira equipe na degola, os Lobos sabem que qualquer tropeço na reta final da Bundesliga pode pôr o time em situação ainda mais delicada e irreversível.

A lista de desfalques para o jogo contra o Bayern de Munique é extensa. O goleiro Benaglio, com problema nas costas; o zagueiro Bruma, lesionado no joelho; além dos meio-campistas Dejagah, em fase de transição, Ntep, com dores musculares, e Guilavogui, suspensos, não podem entrar em campo neste fim de semana.

Ciente da dificuldade de encarar um adversário mais forte economicamente, com melhor elenco e muito perto do título, o técnico Andries Jonker afirmou que encontra a oportunidade de somar três pontos importantes e retribuir o forte apoio do torcedor na temporada.

"É um jogo muito especial para mim, mas para o time é apenas um dos 17 clubes da Bundesliga. Não faz diferença para mim se estou jogando contra uma equipe treinada por Ralph Hassenhüttl [RB Leipzig] ou Carlo Ancelotti - isso não faz diferença. A questão importante é que temos a oportunidade de levar três pontos. Claro que isso só é possível se marcarmos gols. Sem gols, sem vitória. Nossos torcedores se superam a cada semana, o apoio realmente nos leva adiante, é excepcional", explicou Jonker.

Obrigação de vencer a Bundesliga

Poucos ainda são céticos ao inédito pentacampeonato nacional do Bayern de Munique. Mas a obrigação de vencer a Bundesliga ficou ainda maior diante dos fracassos recentes. O mês de março foi perfeito, com boas atuações em torneios nacionais e internacionais, mas abril não seguiu a mesma toada e foi marcado por eliminações na Uefa Champions League para o Real Madrid e na DFB-Pokal contra o Borussia Dortmund. Para não passar um ano sem conquistas, a necessidade de confirmar o título do Campeonato Alemão o quanto antes se torna mais necessária.

O técnico Carlo Ancelotti tem praticamente todo o elenco à disposição, mas sofre com a defesa. Desfalque certo é o goleiro Manuel Neuer, ausente do restante da temporada após fratura no pé. A dúvida fica em relação aos três principais zagueiros. Jérôme Boateng, Hummels e Javi Martínez não apresentam condições ideais de atuarem nas partidas, e a presença deles em campo é incerta. No meio-campo e ataque, a tendência é que o comandante bávaro escale o que tem de melhor em seu elenco para se aproximar do título; se possível, a depender do resultado entre RB Leipzig x Ingolstadt, faturar o penta contra o Wolfsburg.

"É um momento difícil para nós. Não estamos felizes. Estávamos perto das semifinais da Uefa Champions League e da final da DFB-Pokal. Pequenos detalhes foram fundamentais, mas isso é o futebol. Agora temos que ganhar a Bundesliga rapidamente. Temos que ser dedicados. Nós temos que fazer o nosso trabalho e somar pontos - que é a coisa mais importante", declarou Ancelotti.

VAVEL Logo