Às vésperas do dérbi na Champions, Atlético atropela Las Palmas com dois de Gameiro
(Foto: Gety Images)

O Atlético de Madrid não teve piedade do Las Palmas e aplicou um 5 a 0 com autoridade em plena véspera de semifinal de Champions League. Gameiro duas vezes, Saúl, Thomas e Fernando Torres foram os nomes responsáveis pelo placar elástico.

O Atlético, já sem chances de título, mantém o terceiro lugar e abre 3 pontos do Sevilla, que ainda joga nessa segunda (1º), na tentativa de garantir a vaga direta para a próxima Champions. Já o Las Palmas segue em 14º com 39 pontos e sem ambições, já que a equipe não tem mais chances de rebaixamento, nem de conseguir vagas nas competições europeias.

O Atlético volta a campo na próxima Terça (2), quando vai até o Santiago Bernabéu enfrentar o Real Madrid pelo jogo de ida das semifinais da Champions League. Enquanto o Las Palmas visita o desesperado Sporting Gijón no Sábado (6) pelo Campeonato Espanhol, que tem remotas chances de se salvar do rebaixamento.

Las Palmas apático diante de um Atlético avassalador

O jogo começou com o Atlético massacrando. Logo no primeiro minuto, Koke cobrou falta na cabeça de Savic, que cabeceou em cima do goleiro e quase abre o placar. E aos 2', Saúl fez bom avanço pela esquerda e deu um cruzamento rasteiro, Gameiro se antecipou a zaga e abriu o placar para o Atleti.

E apesar do gol no início, o time de Simeone não saiu do ataque. Aos 7', Griezmann deu belo chute de fora da área para boa defesa de Javi Varas. O Las Palmas estava completamente perdido em campo e não conseguia sair do campo de defesa, e não demorou muito para o Atlético ampliar.

Aos 16', após escanteio perfeito de Koke, Saúl subiu mais que todo mundo e cabeceou no ângulo para fazer o segundo. E um minuto depois, Griezmann lançou Gameiro, que ganhou na velocidade e no físico e chutou no canto para fazer o terceiro. Foi o 50º gol do francês pelo Campeonato Espanhol na carreira.

O Las Palmas só veio conseguir sua primeira chegada aos 25 minutos,  em um chute frontal de Dani Castellano que Oblak pegou sem esforço. Como já era esperado, o Atlético recuou e ficou trocando passes para gastar tempo. E antes do fim do primeiro tempo, Michel se machucou após dividida e Griezmann ia sair de frente para o gol, mas o francês abriu mão de seguir a jogada e tocou a bola para lateral para o atendimento do brasileiro e foi aplaudido pelo estádio.

Atlético administra o resultado e constrói a goleada

O Atlético voltou para o segundo tempo sem alterações, quando esperava-se que Simeone começaria a poupar alguns jogadores. E logo aos 48', Griezmann cruzou para Gameiro, que teve a chance de fazer o hat trick, mas mandou na trave. O Las Palmas até chegou a ameaçar a meta de Oblak aos 55', em uma boa jogada individual de Halilovic, que chutou de fora da área, mas o esloveno foi no cantinho para buscar.

Simeone então sacou Gameiro e Griezmann e lançou Torres e Ángel Correa a campo, e ainda perdeu Giménez que saiu lesionado e colocou Thomas para suprir a lateral direita. E isso pode ser preocupante já que Giménez já estava improvisado, pois os dois laterais direitos, Juanfran e Vrsaljko, estão lesionados.

Aos 64', Boateng levou segundo amarelo e foi expulso, e o que já estava difícil para o Las Palmas, só piorou. E já aos 71', em jogada entre dois jogadores que tinham acabado de entrar, Thomas fez ótima jogada pela direita, tabelou com Correa e chutou colocado para fazer o quarto gol.

Depois disso, o Atlético só administrou o placar, já pensando em conservar seus jogadores para o jogo da Champions. Mas já nos acréscimos, Thomas puxou um contra ataque e lançou Filipe Luís na esquerda, o brasileiro achou Fernando Torres livre na área que só teve o trabalho de empurrar para as redes e sacramentar a goleada.

VAVEL Logo