Allegri exalta Juventus: "Alcançar duas finais em três anos não é para qualquer time"

Ao final da partida de dessa terça-feira (9), em Turim, onde a Juventus bateu novamente o Monaco, por 2 a 1, garantindo vaga na decisão da Uefa Champions League, em Cardiff, Massimiliano Allegri salientou a importância de chegar à final da competição. Ele também ressaltou o crescimento da parte de todos para o time atingir o objetivo.

Daniel Alves comemora classificação da Juventus e dedica gol à sua namorada

"É um percurso que começou lá atrás. Estou convencido de um crescimento geral de todos que trabalhamos na Juventus, inclusive eu. É preciso dar os parabéns a todos. A partir de amanhã pensaremos no que precisaremos daqui 20 dias, mas falta muita coisa. Precisamos melhor algumas coisas, mas alcançar duas finais em três anos não é para qualquer time. Estou contente e feliz pelos rapazes e creio que eles nos presentearão com grandes satisfações", argumentou o treinador, que chega à final da Champions League de forma invicta.  

Depois, o italiano falou sobre o lateral brasileiro Dani Alves, que tem sido importantíssimo nesta reta final de temporada. O técnico se derreteu ao jogador e lembrou que, recentemente, ouviu críticas a respeito do jogador ex-Barcelona.

"Três meses atrás alguns queriam aposentar Daniel Alves, mas, quando um jogador sabe jogar, o faz sempre. Ele venceu 29 títulos. Falta um ponto para a conquista do título da liga, e eu tenho jogadores extraordinários. Estou honrado em treiná-los", afirmou. 

Por fim, Allegri comentou sobre a falta violenta cometida pelo zagueiro Glik sobre o atacante Higuaín, mas tratou de não polemizar. "Quero agradecer a ele, porque estávamos dormindo. Tomamos um gol bobo. A falta foi muito feia, mas não quero ir atrás de tentações. Por isso também acabei tirando Khedira e Dybala, por precaução", concluiu. 

VAVEL Logo