Ídolo no Milan, Gattuso revela torcida pela Juventus na decisão da Champions League

Gennaro Gattuso, hoje treinador de futebol, construiu sua grande e vitoriosa carreira como atleta do Milan. Com a camisa rossonera, foram 13 temporadas, mais de 330 partidas e inúmeros conquistas, incluindo dois títulos de Uefa Champions League, em 2002/03 e em 2006/07.  

Seu indiscutível status de ídolo rossonero, no entanto, não impediu o ex-volante de publicamente declarar apoio e torcida a um dos principais rivais do Milan. Ao ser entrevistado pela Sky Sport Italia, Gattuso revelou estar torcendo pela Juventus na final da Champions contra o Real Madrid, no dia 3 de junho, em Cardiff, no País de Gales.

"Como italiano, torcerei pela Juventus. Nós precisamos voltar ao topo da Europa, e eu espero que um time italiano possa trazer a Champions League de volta à Itália", afirmou o treinador.

Allegri comemora título italiano e avisa: "Faremos um grande jogo em Cardiff"

O último italiano campeão europeu foi a Inter de Milão em 2009/10. Naquela temporada, os nerazzurri não apenas conquistaram a Champions, como também venceram a Serie A e a Copa Itália, fechando a chamada Tripletta (Tríplice Coroa). Agora, em 2017, a Juventus tem a chance de igualar o feito da Inter e se tornar o segundo time italiano a acumular as três conquistas em uma única temporada.

Para Gattuso, a Vecchia Signora se consolidou como um grande exemplo de reestruturação para o futebol italiano, e que uma conquista europeia poderá fazer bem ao futebol do país.

"Parecia impensável há dois ou três anos atrás, mas agora esta Juventus, com um novo estádio e um novo quadro de diretores, construiu um elenco importante. Eles não se parecem com um time italiano, e isso é uma boa coisa para o nosso futebol", concluiu.

VAVEL Logo