Por fim de tabus, Eintracht Frankfurt e Borussia Dortmund decidem título da DFB-Pokal
Foto: Hugo Alves/Editoria de Arte/VAVEL Brasil

O Estádio Olímpico de Berlim vai receber a grande final da DFB-Pokal 2016-2017. Neste sábado (27), às 15 horas, o lendário gramado será o palco de Eintracht Frankfurt e Borussia Dortmund. Em campo, equipes tradicionais que buscam título para coroar a temporada e encerrar longos e incômodos tabus.

Após a terceira colocação na Bundesliga e uma temporada instável, os aurinegros vão fazer de tudo para conquistar a Copa da Alemanha e evitar o quarto vice-campeonato consecutivo do torneio. Por outro lado, as Águias tentam sair de uma fila de quase vinte anos sem títulos.

Foto: TF-Images|Getty Images
Foto: TF-Images|Getty Images

Histórico

O histórico entre as equipes faz com que o Dortmund tenha ligeiro favoritismo neste sábado. Ao todo, os times já se enfrentaram 92 vezes, com 44 vitórias do Dortmund, 16 empates e 32 triunfos do Eintracht Frankfurt.

Entretanto, na atual temporada, o confronto é marcado pelo equilíbrio. Na 12ª rodada da Bundesliga, o time de Niko Kovac venceu por 2 a 1, com gol de Seferovic já na reta final da partida. No returno, os comandados de Thomas Tuchel se vingaram, e venceram por 3 a 1. O destaque foi Pulisic, que completou duas assistências para gol.

O Dortmund terminou na terceira posição do campeonato. O Frankfurt, por sua vez, em 11 depois de vencer apenas um jogo nas últimas 15 rodadas. Mas, as situações das equipes são bem distintas. Os aurinegros terminaram a temporada numa sequência de seis jogos sem perder. Já as águias não vencem há cinco jogos.

Para completar, preocupa também a fila de títulos dos alvirrubros. A equipe não vence um título desde a temporada 1997-98, quando venceu a 2.Bundesliga. Pela Copa da Alemanha, o jejum é ainda maior. Apesar das quatro taças no torneio, o Franfkurt venceu pela última vez na edição 1987-88.

Todavia, a sequência do Dortmund também é frustrante. O último título da equipe foi a Supercopa da Alemanha, em 2014. De lá para cá, os aurinegros colecionam vices. Nas últimas três temporadas a equipe alcançou a final, mas foi derrotada por Bayern (duas vezes) e Wolfsburg.

Representantes dos finalistas em última entrevista antes de decisão | Foto: Martin Rose|Bongarts|Getty Images
Representantes dos finalistas em última entrevista antes de decisão | Foto: Martin Rose|Bongarts|Getty Images

Polêmicas na semana da decisão

O Eintracht Franfkurt tem vividos semanas conturbadas. Apesar de ter alcançado a final da DFB-Pokal, a equipe não vence há seis jogos. Além disso, uma outra polêmica vem balançando os bastidores das águias.

Na última quarta-feira (24), o lateral-direito Guillermo Varela, emprestado pelo Manchester United, foi dispensado por um fútil motivo. O jogador desobedeceu uma ordem da diretoria e do treinador Niko Kovac, de não fazer uma tatuagem na semana da decisão. Como resultado, o uruguaio não apenas fez a tatuagem, como esta inflamou. Agora, ele retorna à equipe inglesa, sem poder terminar a temporada com um título que poderia colocá-lo na história do Franfkurt.

Foto: Christof Stache|AFP|Getty Images
Foto: Christof Stache|AFP|Getty Images

Mesmo assim, a confiança é grande na equipe alvirrubra. O veterano atacante Alex Meier, artilheiro do time em quatro das últimas cinco temporadas, voltou à ação. Ele ficou cerca de dois meses fora por uma lesão, e retornou na última rodada da Bundesliga, diante do RB Leipzig.  Ele deve ficar no banco, mas promete ser um possível talismã e revelou a importância do jogo para si.

“Nós estamos ansiosos para o que nos espera na partida. Acho que será uma partida empolgante, e todos estão muito motivados. Será a maior partida da minha carreira. Claro que quero começar na equipe titular, mas a decisão será do treinador”, completou Alex.

Niko Kovac, por sua vez, comentou a situação do atacante. "Alex Meier e Jesús Vallejo estão prontos para jogar. Tawatha também será uma opção para amanhã. Ainda vou ver se começam jogando ou ficarão como opções no banco de reservas”, finalizou o treinador.

Despedida com título?

O Borussia pode ter algumas despedidas no jogo deste sábado. Aubameyang, artilheiro da Bundesliga e principal jogador da equipe, vem sendo especulado no Real Madrid e em outros gigantes europeus. “Vou conversar com o clube e tomar uma decisão após a final”, disse o gabonês.

Outro que pode deixar a equipe é o treinador Thomas Tuchel. Após duas temporadas na equipe, e sem títulos, Tuchel vem sendo pressionado por torcedores e diretoria. Ele inclusive entrou em atrito com o diretor executivo do Borussia, Hans-Joachim Watzke.

Foto: Christof Stache|AFP|Getty Images
Foto: Christof Stache|AFP|Getty Images

Desde o atentado contra o ônibus aurinegro, horas antes da partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões diante do Monaco, Tuchel expôs criticas à diretoria. E de maneira aberta. O treinador se incomodou com a decisão de jogar já no dia seguinte ao ocorrido. Apesar de ter o apoio dos jogadores, o fato de levar o caso à imprensa incomodou a diretoria, principalmente Watzke. Apesar da iminente saída, Tuchel quer deixar a melhor impressão possível. Nada como um título para isso.

“Acreditamos que será um final de temporada especial. No ano passado, conseguimos chegar aqui, mas acredito que desta vez temos o objetivo de fazer mais. Queremos vencer a Copa”, disse o técnico.

VAVEL Logo