Mesmo com derrota para a França, Southgate afirma que Seleção Inglesa teve boa atuação
Foto: Divulgação/FA

Na tarde desta terça-feira (13), o "English Team" foi até a França para encarar os donos da casa em mais um dos amistosos internacionais após o fim da temporada europeia. Após muito equilíbrio, os franceses venceram o duelo por 3 a 2 e seguem solidificando o trabalho de Didier Deschamps no comando da França. Harry kane marcou os gols ingleses.

Do outro lado da moeda, a seleção inglesa ainda segue se moldando. O técnico Gareth Southgate vem implementando aos poucos seu estilo dentro de campo e, de certa forma, vem se agradando dos resultados além do placar. Contra a França, Gareth entrou no 3-4-2-1, com Kane na última parte do campo, diferente do duelo contra a Escócia, quando usou o seu tradicional 4-2-3-1.

Southgate acredita que o time se apresentou bem no confronto, apesar de sofrer com o ataque francês em situações de contra ataque. "[O time] Funcionou muito bem. Nos deu boas opções na bola, movimentamos a bola bem e causamos problemas para a França. Mas, qualquer sistema que joguemos, vamos ter um um problema com ritmo e poder. A habilidade atlética que a França tem é o que os torna uma das equipes mais difíceis de enfrentar. Queremos pressão, mas contra uma equipe como essa, você deve estar bem portado porque se você deixar lacunas, eles vão explorá-las, e é isso que eles fizeram", disse o comandante.

O técnico também enfatizou o trabalho individual da equipe, que em alguns momentos deixou a Inglaterra em igualdade ou até melhor que o time francês. "Houve alguns desempenhos individuais positivos definidos. Eu penso que Raheem [Sterling] causou muitos problemas em sua posição de origem. E Harry Kane, autor dos gols, os primeiros 50-60 minutos da partida, realmente liderou no ataque", enfatizou.

A seleção dará uma pausa longa. A Inglaterra só entrará em campo no dia primeiro de setembro, quando vai encarar a seleção de Malta no Ta'Quali National Stadium, no país europeu. O English Team lidera o grupo F das eliminatórias com 14 pontos, dois à frente do vice-líder, a Eslováquia.

VAVEL Logo