Técnico da Nova Zelândia cita falhas defensivas, mas vê pontos positivos na derrota para a Rússia

A Nova Zelândia não foi páreo para a Rússia na abertura da Copa das Confederações 2017. Jogando no Estádio Nacional de São Petersburgo, neste sábado (17), os neozelandeses foram derrotados pelos anfitriões por 2 a 0, com gols de Boxall, contra, e Smolov. Em entrevista pós-jogo, o técnico Anthony Hudson reconheceu a superioridade do adversário e citou quais foram os erros cometidos por sua equipe.

"Saímos derrotados por uma equipe muito boa. Eles nos causaram problemas, mas os gols foram bastante decepcionantes. O primeiro era evitável, nós demos a bola em uma área realmente ruim. No segundo, poderíamos ter ganhando a bola no alto. Nós caímos na hora errada. Mas no geral, mostramos muito espírito e certamente há muitos aspectos positivos para o próximo jogo", salientou. 

Com a derrota na primeira rodada, os "All Whites" terão que pontuar no próximo jogo para  que o sonho da inédita classificação continue vivo. Anthony Hudson enxerga uma pequena vantagem para a Nova Zelândia no próximo duelo."Nós não jogamos muitos jogos contra equipes superiores, então este foi um grande aprendizado. Queremos nos preparar adequadamente e fazer tudo o que podemos para obtermos um bom resultado contra o México. Conhecemos bem esse time e temos um dia extra para nos recuperar do que eles”, destacou. 

O grande objetivo da seleção campeã da Oceania é classificação para o Mundial de 2018. A Copa das Confederações tem sido encarada como uma preparação para a fase final das Eliminatórias. "Este torneio é uma oportunidade incrível para continuarmos a melhorar e nos certificamos de que estamos prontos para as eliminatórias da Copa do Mundo em setembro e novembro", finalizou o técnico. A Nova Zelândia disputará com as Ilhas Salomão uma vaga na repescagem contra o quinto colocado da América do Sul.

Na segunda rodada do Grupo A, a Nova Zelândia enfrentará o México, na próxima quarta-feira (21), às 15 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico de Sochi. Em sua quarta partcipação na Copa das Confederações, os All Whites seguem sem conquistar uma vitória sequer. A seleção neozelandesa marcou apenas dois gols e já sofreu 26 em toda a história da competição. 

VAVEL Logo